O mercado brasileiro de automóveis tem peculiaridades que espantam qualquer observador no exterior. Veja o caso do segmento de SUVs médios, seara onde mais e mais montadoras participam. Ele é liderado por dois modelos da Hyundai, o Tucson e o ix35, veículos que são produzidos no país pela CAOA, representante dos importados da marca sul-coreana.

No papel parece uma situação lógica, mas não é. O ix35 substituiu o primeiro Tucson lá fora, só que aqui a clientela brasileira aceitou a ideia de que o primeiro é um carro diferente do segundo. O resultado é que o Tucson se manteve como líder do mercado até este ano quando o ix35 subiu nas vendas e é hoje o mais vendido da categoria.

Seria natural não fosse o fato de o utilitário esportivo montado em Anápolis, em Goiás, tivesse ganhado justamente um sucessor este ano, o novo Tucson, o que deveria ter abalado suas vendas.
Não ocorreu porque aqui o novíssimo Tucson não tem previsão de lançamento, a despeito de exemplares do modelo já terem sido flagrados em território nacional.

Menos por mais

Com a folga na liderança, a CAOA bancou uma leve reestilização caseira no ix35, trazendo uma nova grade mais chamativa, faróis com luzes de LEDs e lanternas com desenho que lembra carros da Mercedes-Benz.

A ‘inspiração’ nos alemães não é à toa: hoje o ix35 custa quase o mesmo que um Audi Q3 ou Mercedes-Benz GLA, para citar dois rivais de luxo. O problema é que o SUV não é tudo isso.
Traz, é verdade, alguns itens desejados como ajuste elétrico do banco do motorista, mas cobra caro para oferecer uma chave presencial, que destrava as portas e dá partida no carro por um botão. Ou seja, para ter um ix35 razoavelmente equipado é preciso gastar nada menos que R$ 123 mil, o valor da versão topo de linha que não tem nome, aliás, outra das excentricidades da versão nacional.

O motor continua sendo um 2.0 flex, mas agora mais fraco graças a um ajuste para ser mais econômico: tem 167 cv com etanol e 20,6 kgfm de torque, um pouco superior à versão anterior. A transmissão é automática de seis marchas que se esforça para dar conta de carregar um carro pesado.

A sensação ao dirigir o ix35 é que o SUV sofre para entregar um desempenho apenas mediano. Na cidade, essa percepção aparece na aceleração aquém do necessário, embora ele seja fácil e leve de dirigir.

Toques chineses

Se a mudança exterior não compromete muito, o interior do ix35 decepciona. Apesar de usar muitos elementos comuns ao outros modelos da Hyundai (incluindo o nacional HB20), o utilitário esportivo abusa de peças plásticas prateadas que lembram alguns carros chineses, uma referência que por enquanto não costuma ser positiva.

O que deve espantar mesmo um estrangeiro é saber que se um brasileiro optar por um novo i30 ou Santa Fe terá um modelo igual ao do resto do mundo já que são importados. No caso do brasileiro ix35, isso significa um carro desatualizado e nem por isso mais barato. “Coisas do Brasil”, como diria um cantor de MPB.

 
 
Hyundai ix35 2016: líder da categoria, mas defasado Hyundai ix35 2016: líder da categoria, mas defasado
Modelo vende mais que o Tucson, mas já está saindo de linha no exterior Modelo vende mais que o Tucson, mas já está saindo de linha no exterior
Painel traz elementos prateados de gosto duvidoso Painel traz elementos prateados de gosto duvidoso
O retoque no ix35 é solução nacional O retoque no ix35 é solução nacional
Versão Lauching Edition traz cor laranja em apenas 300 carros Versão Lauching Edition traz cor laranja em apenas 300 carros
Lanternas meio que inspiradas na Mercedes-Benz Lanternas meio que inspiradas na Mercedes-Benz
ix35 está saindo de linha no exterior para dar lugar ao novíssimo Tucson ix35 está saindo de linha no exterior para dar lugar ao novíssimo Tucson
ix35 é produzido em Anapólis, Goiás ix35 é produzido em Anapólis, Goiás
Hyundai ix35 2016 Hyundai ix35 2016
Hyundai ix35 2016 Hyundai ix35 2016
Hyundai ix35 2016 Hyundai ix35 2016
Hyundai ix35 2016 Hyundai ix35 2016
Hyundai ix35 2016 Hyundai ix35 2016
Hyundai ix35 2016 Hyundai ix35 2016
Hyundai ix35 2016 Hyundai ix35 2016
Hyundai ix35 2016 Hyundai ix35 2016
 
 

Publisher do AUTOO é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier |