A novela da instalação compulsória de aparelhos antifurto em carros novos se estende. Pela quarta vez, o Contran adia a obrigatoriedade do aparelho, que de 2 de maio deste ano passou para 15 de agosto de 2012. A partir desta data, todos os automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, ciclomotores, motocicletas, triciclos, quadriciclos, tratores, reboques e semi-reboques, novos nacionais e importados, devem possuir o equipamento.

O Denatran justifica o adiamento por conta da “complexidade da infraestrutura de telecomunicações”, que teriam impedido a concretização do Sistema Integrado de Monitoramento e Registro Automático de Veículos (SINRAV). O novo cronograma de instalação do sistema antifurto foi publicado no Diário Oficial da União.

Rodrigo Mora

|