Apresentado no último Salão de Paris, o C-X75 não dava pinta de que seria de fato produzido. Agora, no entanto, a Jaguar contraria as expectativas e anuncia que o esportivo híbrido será, sim, fabricado – ainda que limitado a 250 unidades e custando exorbitantes £ 700 mil, algo em torno de R$ 1.870.000.

“O C-X75 teve uma aceitação espetacular como protótipo. Analisando estas boas-vindas, vemos muito clara a oportunidade de seguir em frente com um modelo de série”, justifica Adrian Hallmark, diretor da Jaguar. Segundo a marca inglesa, o C-X75 fará o 0 a 100 km/h em 3 segundos e atingirá a velocidade máxima de 320 km/h. A emissão de poluentes ficará em 99 g/km de CO2, índice considerado baixo.

Enquanto protótipo, o C-X75 era composto por quatro motores elétricos instalados diretamente em cada roda, que juntos somavam 780 cv. Já o modelo de série será impulsionado por um propulsor a gasolina e dois elétricos – sem potência especificada. A Jaguar, no entanto, afirma que o C-X75 será feito em conjunto com a Williams, que ficará responsável por aerodinâmica, compostos de carbono e tecnologias híbridas. No modo somente elétrico, o superesportivo terá autonomia de 50 km.

Interessado? A Jaguar já aceita encomendas do C-X75 via site (www.jaguar.com) ou por meio de um call center exclusivo do C-X75, no número 800 015 8605. Para os estrangeiros, o pedido deve ser feito pelo -44 800 015 8605.

Rodrigo Mora

|