Com décadas de mercado, o Palio Fire não é páreo para o up!, da Volkswagen. Para brigar fortemente no segmento de modelos de entrada, a Fiat prepara um novo automóvel, o Mobi, conhecido internamente como Projeto X1H. Porém, apesar de ser um veículo inédito, a novidade será equipada com um motor antigo.

Segundo o Automotive Business, o novo Fiat Mobi trará sob o capô o velho motor 1.0 litro Fire, que já equipa o Palio e também o Uno. Este bloco já soma mais 20 anos de projeto, apesar de ter recebido melhorias ao longo do tempo, e é capaz de desenvolver 75 cavalos de potência máxima a 6.250 rpm e 9,9 kgfm de torque a 3.850 rpm. O destaque, contudo, seria o câmbio manual de 6 marchas.

A expectativa da Fiat era anunciar a chegada do Mobicom um novo motor de três cilindros, tratado como GSE (Global Small Engine), de cerca de 80 cavalos. Este bloco foi desenvolvido para contar com estrutura toda de alumínio. No entanto, a marca vai começar a produzir a unidade somente em agosto de 2016. Com isso, o motor poderá ser oferecido primeiro em outros carros da empresa, como o Uno e o Palio atual.

O Fiat Mobi está previsto para estrear no mercado nos primeiros meses de 2016, com preço na casa dos R$ 28 mil para substituir o Palio Fire.  

Redação

Redação |