Com a capacidade de sua fábrica em Betim (MG) no limite a Fiat precisará expandir sua capacidade de produção de carros no Brasil. Essa necessidade pode levar a marca a erguer uma nova linha de montagem em Pernambuco, conforme aponta reportagem da agência Reuters. Segundo a fonte, a marca já estaria inclusive negociando com o governo local detalhes para viabilização do projeto no município de Suape, onde está sendo construído um dos maiores complexos industriais do país.

De acordo com a publicação, o anuncio oficial da fábrica pode ser divulgado em 29 de dezembro, a tempo ainda de ser aprovado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que finaliza sua gestão no governo dois dias depois passando o comando para Dilma Roussef. A Fiat, porém, ainda não comenta sobre o assunto.

Inaugurada em 1976, a fábrica da Fiat em Betim produz atualmente toda linha de carros da marca à venda no país. A única exceção é o 500, que por enquanto ainda vem da Polônia. A capacidade de produção da planta mineira, segundo a empresa, é de até 800 mil automóveis por ano, fazendo dela uma das maiores linhas de montagem de veículos do mundo.

Thiago Vinholes

|