Bem sucedidos nos segmentos em que atuam, a Fiat Toro e o Jeep Renegade vêm registrando excelentes números de venda. Um grande problema da dupla, contudo, é o fraco desempenho das versões equipadas com o motor 1.8 16V, isso sem falar no consumo exagerado.

A Fiat Chrysler, por sua vez, parece que finalmente vai ajustar essa equação oferecendo uma alternativa de propulsor entre a versão de entrada e a topo de linha a diesel, trata-se da comercialização no Brasil do Jeep Renegade e da Fiat Toro com o motor 2.4 Tigershark, que a FCA lançou nos EUA e inclusive já equipa o Jeep Renegade fabricado no Brasil e exportado para a Argentina.

Segundo o site Autos Segredos, que inclusive flagrou uma unidade da Fiat Toro em testes com o novo motor, o 2.4 Tigershark será flex e contará com o interessante sistema Multiair 2, que atua regulando não só o tempo como o curso de abertura das válvulas de admissão. A potência deverá ficar em torno de 190 cv e o torque na casa de 24 kgfm, expecula o site.

Ao contrário do que ocorre com o Renegade 2.4 exportado para a Argentina, a previsão é que tanto o modelo da Jeep quanto a Fiat Toro 2.4 contem com câmbio automático de 6 marchas (9 velocidades no modelo para a Argentina) e a tração será 4x2.

Sem dúvida nenhuma a chegada do novo propulsor deverá fazer muito bem à linha Jeep Renegade e Fiat Toro, uma vez que os modelos são pesados e o propulsor 1.8 16V flex atual mostra-se pouco para ambos. A Fiat Toro 1.8, por exemplo, conta com peso em ordem de marcha de 1.619 kg.

A previsão é que os dois modelos sejam revelados ao público em novembro durante o Salão de São Paulo. 

César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo |