Há alguns dias, quando a nova geração da C-Max era revelada pela Ford, já se falava numa segunda versão, maior e com capacidade para sete passageiros. Pois ela apareceu e trouxe novidades.

A C-Max compete com as minivans francesas na Europa como a C4 Picasso e a Scénic, porém, não oferecia opção de sete lugares como elas. A Grand C-Max nasceu justamente para cobrir essa lacuna.

E as imagens mostram que a Ford resolveu dar um ar mais norte-americano para a minivan ao instalar portas corrediças na fileira de trás, recurso comum nos Estados Unidos. Mas fica claro que a terceira fileira de assentos é restrita a crianças pela limitação de espaço.

Nas fotos que vazaram nos últimos estão algumas que mostram o interior do modelo, de visual muito atraente. É uma prévia do que virá a ser o Focus de 3ª geração, previsto para ser lançado em 2010 e que usa a mesma plataforma da C-Max.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier |