Apesar dos rumores de que seria a grande vedete da Hyundai no Salão do Automóvel, o i30 ficou em segundo plano frente ao triunfante sedã de luxo Genesis, que reinou imponente no estande da montadora. Na 25ª edição do maior evento automobilístico do Brasil, a empresa fez suspense e mostrou, em seguida, um carro com arquitetura completamente diferente das já utilizadas pela marca.

O automóvel conta com motores V6 de 3.3 de 268 cv e 3.8 de 290 cv, ambos com abertura de válvulas continuamente variável. A primeira versão vem acompanhada de um câmbio automático seqüencial de seis velocidades. Contudo, o maior destaque, sem dúvida, é o motor V8 4.6 que gera 368 cv acompanhado de um câmbio automático ZF também de seis marchas.

Já o i30, que se considera como uma evolução dos hatches, se destaca pela quantidade de acessórios que oferece como seis airbags, condicionador de ar digital, controle de estabilidade (ESP), bancos de couro, computador de bordo, teto solar, retrovisor interno com escurecimento automático, entre outros. O modelo ainda possui versão perua com as mesmas vantagens, incluindo no pacote tração dianteira e suspensão mais potente para suportar o peso da nova carroceria.

Segundo a marca, o Genesis será vendido no Brasil por cerca de R$ 240 mil e o i30 hatch, por R$ 50 mil. A Hyundai ainda ressaltou que o plano de fabricar o utilitário Tucson no país está em pé e deve acontecer dentro de um ano.

Ricardo Meier

Ricardo Meier |