Preocupada com veículos mais comercialmente promissores, como o ix35, a Hyundai só agora conseguirá por o Veloster na linha de produção. Apresentado em 2007 como conceito, o cupê fará sua estreia em versão definitiva no Salão de Paris, de 2 a 17 de outubro. Quando chegar às ruas européias, no início de 2011, saberá claramente quem é seu rival: Volkswagen Scirocco.

O nome Veloster, segundo Hyundai, vem da junção das palavras “velocity” e “roadster”. O 2+2 prometido pela Hyundai será equipado com um motor 1.6 turbo, de injeção direta de combustível, que terá potências entre 170 cv e 200 cv. Outra opção é um propulsor turbodiesel, de 184 cv. Um das armas do Veloster para se assemelhar ao Scirocco é o câmbio automatizado de dupla embreagem, semelhante ao DSG da VW. “Com o Veloster, nós queremos tentar algo realmente diferente. Nós estamos cientes de que precisamos de produtos radicalmente novos para a geração Y, na casa dos 20 e poucos anos”, disse, quando o Veloster fora apresentado como conceito, o vice-presidente de design da Hyundai, Oh Suk-Geun.

 

Rodrigo Mora

|