A Mercedes-Benz confirmou que o Brasil foi afetado pelo recall anunciado há dois dias nos EUA, envolvendo 136.751 unidades do ML. Por aqui, no entanto, apenas 650 carros são convocados – embora a montadora alemã não tenha divulgado ainda a numeração dos chassis incluídos no chamado.

O problema do ML, que abrange os modelos fabricados entre 2002 e 2004, está no piloto automático, que pode não responder imediatamente aos comandos do freio. Segundo a NHTSA (administração de segurança viária nos EUA), entidade que descobriu o defeito, a demora na desativação do cruise control pode aumentar o risco de acidades, pois a velocidade do veículo pode não diminuir de imediato. Mais informações no site www.mercedes-benz.com.br.

Rodrigo Mora

|