“Ele é o carro que marca a virada da Nissan por aqui”. É com essa frase que Ronaldo Znidarsis, vice-presidente de vendas e marketing da Nissan, apresentou o Kicks para a imprensa especializada. A fala também demonstra o quanto a empresa se empenhou e destaca a responsabilidade que o SUV compacto terá por aqui.

Comercialmente, a estratégia da Nissan de colocar todas as suas fichas em um modelo da categoria é mais do que acertada. De 2010 para cá, por exemplo, a participação dos SUVs compactos no mercado cresceu de 1,7% para 9,8% neste ano, mostrando a força da categoria por aqui.

Mas de onde vêm esses compradores de SUVs? Segundo Juliana Fukuda, gerente de marketing da fabricante, “os clientes de modelos como o Kicks vêm principalmente dos segmentos de stations wagons, monovolumes e até mesmo dos hatches médios. Eles buscam carros mais espaçosos para a família, versáteis e ainda levam de brinde a altura mais elevada”. Tudo isso deixa claro porque a Nissan deixou de considerar um substituto para a Livina e até mesmo o Tiida por aqui para centrar seus esforços em produzir um modelo que dê mais retorno para a marca. 

E apenas uma volta ao redor do Kicks já nos mostra que a fala de Znidarsis não é apenas balela. Ele, de fato, é um carro que agrada aos olhos. Esqueça modelos como o extinto Tiida Sedan ou até mesmo o Sentra pré-facelift - o Kicks traz formas robustas e equilibradas, tudo o que você espera encontrar em um SUV compacto. As dimensões, não por acaso, praticamente empatam com o Honda HR-V, o modelo mais vendido do segmento e a atual referência a ser alcançada pelos concorrentes.

Mas é por dentro que o Kicks promete se destacar dos rivais, oferecendo bem mais em termos de equipamentos que o HR-V e uma qualidade de acabamento superior, algo que o Jeep Renegade faz muito bem. Os clientes do Kicks poderão optar entre três opções de cores para o revestimento interno de couro. A tonalidade preta estará disponível para todas as cores do SUV. Já quem escolher o Kicks nas cores Cinza Grafite ou Branco Diamondo poderá compor o visual com a cabine na cor Macchiato (marrom escurecido). Para aqueles que gostam de um habitáculo mais claro, o interessante couro na cor Sand (bege claro) é oferecido para os Kicks com a carroceria nas cores Cinza Rust ou Preto Premium.

Levar um Kicks para casa não sairá barato, uma vez que ele estará nas lojas a partir do dia 5 de agosto somente na versão SL de R$ 89.990, só que oferecendo muito mais que seus oponentes diretos. Por esse valor o Kicks traz recursos muito interessantes como o sistema de câmeras que permite uma visualização de 360º ao redor do carro com detector de objetos, central multimídia com navegador, controles de tração e estabilidade, 6 airbags, acendimento automático dos faróis, chave presencial, partida por botão e sensor de estacionamento traseiro, ar-condicionado digital, dentre outros.

Um destaque do Kicks vai para o painel de instumentos, que mescla o velocímetro analógico com a porção esquerda digital e amplamente configurável. O motorista pode optar por exibir ali desde um conta-giros até as indicações do sistema de navegação, computador de bordo, informações de áudio e também acessar as configurações do veículo.

Em termos de alinhamento com a concorrência, o preço do Kicks SL é o mesmo do Honda HR-V EX (R$ 90.600), que sequer traz revestimento para os bancos de couro. O Honda também fica devendo nessa versão até mesmo a central multimídia, algo praticamente obrigatório nos carros mais modernos inclusive considerando essa faixa de preço. Não por acaso, os SUVs com essa faixa de preço são os que tem a maior procura, um dos motivos para que a Nissan adotasse essa estratégia de lançamento. 

 

Nissan Kicks SL 1.6 16V

  • Resumo

    Preço

    R$ 89.990

    Categoria

    SUV compacto

    Rivais

    Honda HR-V, Jeep Renegade, Ford EcoSport

    Vendas em 2015

    estreia em 2016

  • Mecânica

    Motor

    1.6 16V, flex

    Potência

    114 cv a 5.600 rpm

    Torque

    15,5 kgfm a 4.000 rpm

    Transmissão

    automática, CVT

  • Dimensões

    Medidas

    4,29 m de comprimento, 1,76 m de largura, 1,59 m de altura e 2,61 m de entre-eixos

    Peso

    1.142 kg

    Porta-malas

    432 litros

 

Se o Honda é caro, não dá para negar que cinco adultos ainda se acomodam melhor nele do que no Nissan Kicks. Esse é o único ponto que merece crítica no mais novo SUV da Nissan. Não que falte espaço na cabine do Kicks, longe disso, porém os passageiros a bordo do Honda HR-V se acomodam de uma maneira mais natural. Já a posição de dirigir do Kicks, contudo, é ótima e ainda é beneficiada com os ajustes de altura e profundidade para o volante, bem como de altura para o assento do motorista. O volante do Kicks é novo dentro da gama Nissan, conta com base achatada e é de boa empunhadora. Assim como os bancos e laterais de porta, ele também é revestido de couro. Tanto o Honda HR-V quanto o Nissan Kicks oferecem o mesmo espaço no porta-malas.

Um ponto que muita gente pode achar controverso no Kicks é apenas a oferta da segunda geração do motor 1.6 16V no modelo, que entrega agora 114 cv. O câmbio CVT é o mesmo que estreou na dupla March e Versa, mas tem uma exclusividade interessante para quem não é fã desse tipo de transmissão. Quando você trafega solicitando mais desempenho do carro, uma ajuste de calibração chamado D-Step simula rápidas trocas de marcha para transmitir uma ideia de esportividade. Durante uma condução mais relaxada na cidade, contudo, o recurso não é ativado.

Os críticos vão dizer que falta potência e torque o modelo da Nissan, mas a grande sacada da marca foi trabalhar, ou melhor, reduzir o peso do Kicks. Quando ele sobe na balança, o Kicks SL aponta 1.142 kg. O já citado Honda HR-V EX só para nos 1.270 kg. Segundo a Nissan, o 1.6 16V em conjunto com a caixa CVT conseguem levar o Kicks de 0 a 100 km/h em 12 segundos e a velocidade máxima é de 175 km/h. Ao volante, o Kicks não decepciona mesmo em trechos rodoviários. Além disso, quem já teve a oportunidade de rodar com ele carregado também se surpreendeu com a boa disposição do SUV.

O Kicks chama a atenção pelo rodar silencioso e a quase total falta de ruídos, algo sem dúvida nenhuma excelente e o que se espera encontrar em um bom carro. A suspensão trabalha muito bem com as rodas de liga leve aro 17”e não falta conforto aos passageiros. Mesmo sobre pisos irregulares ou cheios de buracos, o Kicks mantém a carroceria firme e filtra bem as imperfeições encontradas. Um ponto em que a altura livre em relação ao solo de 20 cm também ajuda, inclusive para vencer as valetas, lombadas e saídas de garagem mal planejadas que muitas vezes encontramos por aí. 

A Nissan também promete ser agressiva no pós-venda, oferecendo 3 anos de garantia, 2 anos de cobertura de seu programa de cobertura em caso de problemas técnicos (Nissan Way Assistance) e custo de revisões fixo, que totaliza R$ 2.994 até 60.000 km. 

Por enquanto importado do México, a expectativa da Nissan é colocar nas ruas cerca de 2.000 unidades/mês do Kicks, número próximo ao que o Ford EcoSport, atual terceiro lugar no ranking de vendas, vem registrando nos últimos meses. Pelo que vimos do produto, a pretensão da Nissan chega a ser modesta já que o Kicks revelou ser um carro de muitas qualidades. Quando a produção nacional começar, o que está previsto para o fim do primeiro trimestre de 2017, o Kicks deverá ganhar mais versões, como a manual e até mesmo uma mais potente talvez com o motor 2.0 16V já oferecido no Sentra. Sem dúvida nenhuma, o Kicks cumpre a promessa de marcar uma nova fase para a Nissan por aqui e tem tudo para incomodar a Honda e a Jeep.

 
 
Nissan Kicks 2017
 
Nissan Kicks 2017
Nissan Kicks 2017
Nissan Kicks 2017
 
Nissan Kicks 2017
Nissan Kicks 2017
Nissan Kicks 2017
 
Nissan Kicks 2017
Nissan Kicks 2017
Nissan Kicks 2017
 
Nissan Kicks 2017
Nissan Kicks 2017
Nissan Kicks 2017
 
Nissan Kicks 2017
Nissan Kicks 2017
Nissan Kicks 2017
 
Nissan Kicks 2017
Nissan Kicks 2017
Nissan Kicks 2017
 
Nissan Kicks 2017
Nissan Kicks 2017
Nissan Kicks 2017
 
Nissan Kicks 2017
Nissan Kicks 2017
Nissan Kicks 2017
 
Nissan Kicks 2017
Nissan Kicks 2017
Nissan Kicks 2017
 
Nissan Kicks 2017
Nissan Kicks 2017
Nissan Kicks 2017
 
Nissan Kicks 2017
Nissan Kicks 2017
Nissan Kicks 2017
 
Nissan Kicks 2017
Nissan Kicks 2017
Nissan Kicks 2017
 
Nissan Kicks 2017
Nissan Kicks 2017
 
 

 

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo |