O novo Chevrolet Cruze está cada vez mais perto de ser lançado no mercado brasileiro. Na última semana, o CEO da divisão argentina da General Motors, Carlos Zarlenga, confirmou durante entrevistas cedidas à imprensa local que a segunda geração do sedã médio vai começar a ser produzido por má em maio.

A produção da nova geração do Cruze é fruto do “Projeto Fênix”, com investimento de US$ 750 milhões, e vai sair da linha da produção da marca em Rosário, Santa Fé, que atualmente é responsável pela produção dos compactos Agile e Classic.

A versão argentina do Chevrolet Cruze vai seguir o mesmo modelo apresentado nos Estados Unidos, com direito a um motor 1.4 litro Ecotec turbo, de até 155 cavalos de potência e 25 kgfm de torque, e câmbio manual de seis velocidades ou automatizado de seis marchas e dupla embreagem, em substituição ao atual 1.8 aspirado.

O Brasil deve receber o novo Cruze no final deste ano, provavelmente com apresentação no Salão de São Paulo, entre outubro e novembro.

 
 
Chevrolet Cruze 2016
 
Chevrolet Cruze 2016
Chevrolet Cruze 2016
Chevrolet Cruze 2016
 
Chevrolet Cruze 2016
Chevrolet Cruze 2016
Chevrolet Cruze 2016
 
Chevrolet Cruze 2016
Chevrolet Cruze 2016
Chevrolet Cruze 2016
 
Chevrolet Cruze 2016
Chevrolet Cruze 2016
Chevrolet Cruze 2016
 
Chevrolet Cruze 2016
Chevrolet Cruze 2016
 
 
Leonardo Andrade

Leonardo Andrade |