Durante o Salão do Automóvel de Paris, a equipe de competição Exagon Engineering mostrará o Furtive e-GT. Um modelo elétrico de 2-2 lugares que pode desenvolver a potência máxima de 168 cv. O Furtive e-GT nasceu da várias barrigas. O cordão umbilical vem de empresas como: Siemens Corporate Technology (motor), Saft (baterias) e Michelin (pneus).

De acordo com as informações oficiais da fabricante francesa, o modelo utiliza um propulsor elétrico para cada eixo. O Furtive e-GT só não pode ser chamado de totalmente elétrico pelo fato de ele utilizar um pequeno modelo térmico movido a gasolina que funciona como uma espécie de gerador.

Com essa sacada do pequeno motor a gasolina, o cupê consegue esticar o seu percurso máximo em mais 400 km, registrando uma distância percorrida de 800 km. Longe de ser um grandalhão, o Furtive e-GT tem 4,50 metros de comprimento. De acordo com os primeiros números de desempenho, o elétrico acelera de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos e registra a máxima de 250 km/h (cortando a velocidade). A equipe francesa pretende vender o Furtive e-GT até o final de 2012.

Redação

|