Conhecida por um passado de clássicos musclecars e mais recentemente por uma série de fiascos financeiros e vendas em queda brusca, a Pontiac encerrou de forma definitiva suas atividades no último domingo (31). Membro do grupo General Motors, a marca já não produzia há mais de um ano, desde o anúncio de seu fechamento como parte do plano de recuperação monetária do conglomerado, que pediu concordata em 2008.

A Pontiac, até então, mantinha apenas ações com concessionários por conta de contratos, que foram encerrados em outubro. Segundo informe da GM, a divisão produziu e vendeu mais de 40 milhões de automóveis pelo mundo todo em 84 anos de história. O melhor resultado da divisão foi registrado em 1973 ao comercializar pouco mais de 920.000 carros.

Thiago Vinholes

|

Veja mais notícias da marca