Um Porsche com motor boxer 4 cilindros pode ser considerado um herege pelos puristas, mas essa pode ser uma das soluções para marca reduzir o nível de emissões e consumo de seus carros esportivos. Segundo reportagem do website da revista britânica AutoCar, o bloco de dimensões reduzidas poderá ser adotado nas próximas gerações das linhas Cayman e Boxster, previsto para meados de 2012, e até mesmo no ícone 911.

Ainda de acordo com a publicação, o desenvolvimento do novo motor, realizado em parceria com a Volkswagen e Audi, pode estar ligado também a criação de um novo carro, supostamente um roadster menor que o Boxster. A fonte ainda afirma que o propulsor pode ser um 2.5 litros com turbocompressor para gerar cerca de 360 cv. A Porsche, porém, não confirma o assunto.

Experiência do passado

Motores boxer 4 cilindros não são nenhuma novidade para a Porsche. O Fusca, o primeiro carro da Volkswagen criado por Ferdinand Porsche a pedido de Adolf Hitler, em toda sua longa carreira foi impulsionado sempre por motores com cilindros contrapostos. Esse tipo de motor foi usado pela marca alemã em seus primeiros carros e posteriormente, em 1969, foi aplicado ao modelo 914, esportivo que também teve ajuda da VW em sua criação. Atualmente a única fabricante de automóveis que oferece motores nessa configuração é a Subaru.

Thiago Vinholes

|