Quando alguma marca apresenta um protótipo com um visual totalmente inovador e agressivo, e logo em seguida já anuncia que produzirá o modelo, muita gente já começa a criar na imaginação uma versão bem mais simples do veículo para ser vendida.

Pois bem, esse não será o caso do Qazana. O modelo da Nissan foi apresentado no Salão do Automóvel de Genebra, na Suíça, e ainda na mostra já foi confirmado que o automóvel será construído em versão de produção. Mas o que não se sabia era que o desenho deverá ser muito próximo também para o veículo final.

Em uma entrevista à revista CAR, o vice-presidente de design da companhia na Europa, Alfonso Albaisa, assegurou que a parte estética do modelo deverá se manter praticamente intacta quando o Qazana ganhar sua versão de produção, prevista para o próximo ano.

Albaisa afirma que os traços mais marcantes da carroceria do automóvel continuarão presentes no veículo final, assim como parte das linhas do interior, considerado extremamente moderno para os dias de hoje.

As principais mudanças do protótipo para a versão final deverão ficar por conta das rodas, das portas traseiras suicidas e da disposição de apenas quatro assentos no interior do modelo. Todos esses pontos deverão ganhar peças mais convencionais, o que já era de se esperar.

Redação

|