A Suzuki confirmou nesta terça-feira (02) que venderá no Brasil o novo Vitara, quarta geração do conhecido utilitário esportivo. O modelo virá importado da Hungria, assim como acontece com o irmão menor, S-Cross. Ele deve ser lançado por volta de setembro, embora a assessoria da marca ainda não tenha uma data exata.

O Vitara surgiu em 1988 e sempre teve uma boa aceitação em nosso mercado. Ele aproveitou a fase em que houve a abertura de importação para virar queridinho do público feminino. A segunda geração, maior, foi vendida aqui e montada pela Chevrolet na Argentina, que o comercializava como Tracker na década passada.

A terceira geração marcou o retorno da Suzuki ao país no mercado de veículos - a marca havia saído de cena em 2005. Com o grupo Souza Ramos à frente, o Grand Vitara foi o primeiro lançamento da nova fase e até hoje ele é um dos modelos mais vendidos da marca.

Já a quarta geração, lançada em 2015, significou um rompimento de tradição: em vez de um SUV nato, com chassi separado da cabine, o Vitara passou a ser um crossover, com chassi monobloco e dimensões mais compactas. Por essa razão, a Suzuki manterá em linha o Grand Vitara também, que segue como opção off-road da linha. Ao novo Vitara caberá disputar um segmento mais sofisticado e acima do S-Cross.

O novo Vitara será um dos destaques da marca japonesa no Salão de São Paulo em novembro.

 
 
Suzuki Vitara 2017
 
Suzuki Vitara 2017
Suzuki Vitara 2017
Suzuki Vitara 2017
 
Suzuki Vitara 2017
Suzuki Vitara 2017
Suzuki Vitara 2017
 
Suzuki Vitara 2017
Suzuki Vitara 2017
Suzuki Vitara 2017
 
Suzuki Vitara 2017
Suzuki Vitara 2017
 
 
Ricardo Meier

Publisher do AUTOO é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier |