A Toyota não quer perder a liderança em carros que usam energia elétrica como combustível. Depois de se antecipar ao mercado ao lançar o Prius há mais de dez anos, a marca japonesa foi surpreendida pela crise econômica e pelo súbito movimento das suas rivais em direção aos modelos elétricos e híbridos - vide a GM com o Volt e a Nissan com o Leaf.

Mas os japoneses tinham cartas na manga. Uma delas foi apresentada hoje. È o Sai, um sedã de luxo com propulsão híbrida semelhante a do Prius, e plataforma derivada do Lexus HS 250h, outro híbrido do grupo.

Isso significa oferecer um motor 2.4 VVTi a gasolina que alimenta o motor elétrico de 190 cv do Sai – o câmbio é do tipo CVT e a tração, dianteira. Em relação ao Prius, o sedã apresenta um estilo mais tradicional e funcional, o que pode facilitar sua aceitação.

A Toyota mostrará o Sai no Salão de Tóquio na semana que vem e começa a vendê-lo no Japão no dia 7 de dezembro por cerca de R$ 70 mil, sem os impostos. A marca, no entanto, ainda não decidiu se ele será exportado para outros mercados.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/

Veja mais notícias da marca