Lançado com toda pompa e considerado até mesmo um ícone tecnológico, o Tata Nano, carro mais barato do mundo vive uma crise inesperada. Depois de ter sua imagem arranhada por inexplicáveis incêndios repentinos, agora o modelo indiano viu suas vendas caírem nada menos que 85% em novembro.

Apenas 589 unidades foram vendidas, um valor inexpressivo para um carro que custa cerca de R$ 4.500 na Índia, único mercado onde é comercializado atualmente. Antes que existam teorias sobre um fracasso comercial, Carl Foster, o atual CEO da Tata e ex-chefe da Opel, revelou o problema: falta de financimento dos bancos. "Eles não querem emprestar dinheiro para os clientes com medo de uma explosão de popularidade que possa secar seu capital", disse o executivo.

Mesmo assim, nada justifica um volume tão baixo num país carente de veículos baratos e que tem potencial para tornar-se o 3º maior mercado do mundo.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/

Veja mais notícias da marca

Tata Zica agora se chama Tiago
23/02/2016 09:20:00

Tata Zica agora se chama Tiago