Devido a fraude em testes de emissões de poluentes com motores a diesel, a Volkswagen foi multada pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) em R$ 50 milhões. A empresa alemã havia admitido recentemente que cerca de 17 mil unidades da picape Amarok, equipada com motor 2.0 TDI, modelos 2011 e 2012 foram equipadas com o software que burla os testes.

Segundo o comunicado do órgão, a Volkswagen foi notificada na última quinta-feira (12) e “deverá apresentar um plano de correção dos veículos alterados e comercializados”, a fim de que “estes atendam aos parâmetros de emissão exigidos pelas normas brasileiras”.

Em todo o mundo, cerca de 11 milhões de veículos a diesel do grupo alemão apresentam o software que altera os resultados de emissões de óxidos de nitrogênio.

O recall dessas unidades, pelo menos no Brasil, deve acontecer somente a partir do primeiro semestre de 2016. Os demais modelos da VW, com motores a gasolina ou bicombustíveis, “estão de acordo com os níveis da legislação de emissões”. Confira abaixo os chassis (não sequenciais) dos exemplares da Amarok envolvidos:

Amarok 2011: de BA000257 até BA000338
Amarok 2011: de B8000200 até B8082605
Amarok 2012: de CA001950 até CA026145 

Redação

Redação |