Primeiro foi Frank-Peter Arnd, chefe de produção da BMW, a revelar a possibilidade de a marca alemã montar uma fábrica de carros no Brasil: “para nós, se trata do significado e da importância do mercado, pois acreditamos que ele tem um grande futuro. O desenvolvimento do Brasil ao longo dos últimos dez anos é impressionante". Agora é o presidente executivo da BMW, Norbert Reithofer, que reafirmou as intenções de erguer uma nova planta da marca por aqui.

“Atualmente, estamos analisando novos locais de produção, como uma linha de montagem no Brasil e em outro país do BRICT (grupo formado por Brasil, Rússia, Índia, China e a recém-chegada Turquia)”, disse o executivo. A possível fábrica poderia ser uma extensão da planta de motocicletas que a BMW opera em Manaus, embora a marca também considere uma nova unidade. Os executivos da marca, no entanto, não dão previsões de quando a fábrica entraria em operação, caso as intenções de construí-la se concretizarem.

Rodrigo Mora

|