Tem quem não goste, alegando a saudade que os V6 e V8 vão deixar com seu som característico e a entrega linear de potência e torque, mas é inegável que o downsizing veio para ficar e nos reserva excelentes surpresas. Graças a projetos melhores, novos materiais e a própria demanda ambientar amparada pela lei, obter cada vez mais uma enorme eficiência de propulsores menores tornou-se o novo mantra das fabricantes.

Os propulsores menores, com deslocamento até 2.0 l, daqui para frente deverão contar com apenas 3 cilindros. A Volkswagen conseguiu um resultado excelente com seu 1.0 TSI, com turbo e injeção direta, que atualmente equipa do up!. A Ford, por sua vez, já prepara seu 1.5 com 5 cilindros da família Dragon. Já o grupo PSA investiu em um bloco 1.2, também tricilíndrico e com 4 válvulas por cilindro. Na Europa ele tem uma interessante – e muito premiada – variante com turbo e injeção direta, porém para o Brasil ficamos sem esses periféricos (ao menos por enquanto).

Coube ao Peugeot 208 estrear o 1.2 Puretech, que chega importado ao Brasil, mas como já era esperado agora o primo Citroën C3 também passa a trazer o eficiente motor 3 cilindros sob o capô, que entrega até 90 cv e 12,9 kgfm de torque com etanol. E ele repete o feito do 208 e obteve o Selo de Eficiência do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular, com excelentes médias de 10,6 km/l na cidade e 14,8 km/l na estrada com etanol, subindo para 11,3 km/l e 16,6 km/l com gasolina.  

 

Citroën C3 Tendance 1.2

  • Resumo

    Preço

    R$ 52.690

    Categoria

    Hatch compacto

    Rivais

    Peugeot 208, Chevrolet Onix, Hyundai HB20, Volkswagen Fox, Ford Fiesta

    Vendas em 2015

    17.032 unidades

  • Mecânica

    Motor

    1.2, 3 cilindros, flex

    Potência

    90 cv (E)/84 cv (G) a 5.750 rpm

    Torque

    12,9 kgfm (E)/12,2 kgfm (G) a 2.750 rpm

    Transmissão

    manual, 5 marchas

  • Dimensões

    Medidas

    3,94 m de comprimento, 1,70 m de largura, 1,52 m de altura e 2,46 m de entre-eixos

    Peso

    1.110 kg

    Porta-malas

    300 litros

 

Se o foco do 1.2 Puretech é o baixo consumo, não dá para dizer que ele é completamente apático na hora de dirigir. Ao volante, suas respostas lembram muito o antigo motor 1.4 presente na gama Peugeot 206/207 e na geração anterior do próprio C3. Você não sentirá que tem potência e torque de sobra como em um up! TSI, mas o 1.2 presente no Citroën mostra-se bem adaptado para quem quer apenas se deslocar tranquilamente com o hatch compacto sem qualquer ambição esportiva.

Apesar da segunda geração ter estreado em 2012, o que não é muito tempo, a cabine do C3 em especial nas suas versões de entrada Origine (R$ 46.490) e Attraction (R$ 49.990) já pede uma renovação mais profunda. Até mesmo do ponto de vista da ergonomia, controles como o dos vidros elétricos e do ajuste do sistema de som posicionados no console central quando os modelos são equipados com a central multimídia (opcional de R$ 1.850 a partir da versão Attraction), não agradam. Nesse ponto, o Peugeot 208 com seu i-Cockpit é melhor resolvido.

De qualquer maneira, agrada muito no C3 o bom acerto da suspensão. Dinamicamente chega a ser excelente a forma como ela mantém a carroceria estável sem comprometer a dirigibilidade. Na mesma linha, o conforto também é muito bom. Só os engates do câmbio que, apesar de precisos e suaves, são longos demais em especial no caso da 5ª marcha. Como é necessário trabalhar bem o câmbio para extrair um desempenho mais interessante do motor 1.2, seria interessante que a caixa correspondesse com trocas mais rápidas.

O espaço interno no C3 segue razoável para 4 adultos, assim como a boa qualidade dos plásticos e tecidos usados na cabine. Esse é um diferencial importante tanto dele quanto do Peugeot 208, que buscam se diferenciar da concorrência graças ao requinte francês. A Citroën aposta que a configuração intermediária Tendance, tabelada em R$ 52.690, deverá ser a mais procurada para o C3 com motor 1.2. O AUTOO também recomenda essa versão, em especial pela diferença de preço não muito gritante em relação às demais opções. De série o C3 1.2 Tendance conta com o para-brisa panorâmico Zenith, luzes diurnas de LED, computador de bordo, rodas de liga leve aro 15”, dentre outros equipamentos. Ele pode receber a central multimídia e ar-condicionado digital no mesmo pacote de R$ 1.850 também oferecido na versão Attraction.

 
 
Citroën C3 2017
 
Citroën C3 2017
Citroën C3 2017
Citroën C3 2017
 
Citroën C3 2017
Citroën C3 2017
Citroën C3 2017
 
Citroën C3 2017
Citroën C3 2017
Citroën C3 2017
 
Citroën C3 2017
Citroën C3 2017
Citroën C3 2017
 
Citroën C3 2017
Citroën C3 2017
Citroën C3 2017
 
Citroën C3 2017
Citroën C3 2017
Citroën C3 2017
 
Citroën C3 2017
Citroën C3 2017
Citroën C3 2017
 
Citroën C3 2017
Citroën C3 2017
Citroën C3 2017
 
Citroën C3 2017
Citroën C3 2017
Citroën C3 2017
 
Citroën C3 2017
Citroën C3 2017
Citroën C3 2017
 
Citroën C3 2017
Citroën C3 2017
 
 

Martelando custos

Além do baixo consumo, a Citroën fez questão de dedicar vários minutos na apresentação do C3 com motor 1.2 sobre o baixo custo de manutenção que o modelo oferece, o caso o menor da categoria.

A pedido da JATO Dynamics do Brasil, consultoria especializada no mercado automotivo, levantou o custo por quilômetro do Citroën C3 1.2 em relação aos concorrentes e ele foi muito bem até mesmo considerando os rivais com motorização semelhante. O estudo levou em consumo o preço dos modelos, gasto com combustível, seguro, revisões obrigatórias e o valor dos pneus tudo isso levando em conta um período de 36 meses/30.000 km.

O C3 1.2 registrou um custo por quilômetro de R$ 0,56, seguido pelo Peugeot 1.2 Active (R$ 0,58), Chevrolet Onix 1.4 LT (R$ 0,59), Hyundai HB20 1.6 Comfort Plus (R$ 0,61), VW Fox 1.6 Trendline (R$ 0,62), Ford Fiesta 1.5 S (R$ 0,66) e Fiat Punto 1.4 Attractive (R$ 0,71). 

Agradável na hora de conduzir, muito econômico não só para rodar como também para manter, e com bom nível de equipamentos, o Citroën C3 busca ser uma alternativa mais racional entre os hatches compactos. Isso ele cumpre muito bem. Talvez a nova estratégia de pós-vendas da marca ajude a reduzir o preconceito com as fabricantes francesas e, com isso, o C3 melhore seus números de vendas ainda tímidos na categoria. Ele é um modelo que no geral agrada, mas há opções mais interessantes até mesmo por um preço menor como o Vokswagen up! TSI.  

O "Guru dos Carros", Cťsar Tizo se juntou ao time este ano e estŠ ŗ frente dos portais AUTOO e MOTOO. … o expert em aconselhar a compra de automůveis

Cťsar Tizo |