Já que uma nova geração do Sentra está longe de ser lançada, a Nissan deve realizar mudanças no modelo atual para enfrentar os novos rivais (leia-se Chevrolet Cruze e Honda Civic). Durante uma entrevista ao portal Automotive News, o vice-presidente sênior de vendas e marketing da Nissan América do Norte, Fred Diaz, revelou que o sedã médio vai receber mudanças importantes no visual.

O executivo não deu muito detalhes a respeito do novo Nissan Sentra, mas adiantou que o modelo será “incrivelmente reformulado” e “quase totalmente novo”, sendo muito mais que apenas uma reestilização de meia-vida. Portanto, é de se esperar que o automóvel siga a linha dos últimos lançamentos da montadora japonesa, como é o caso do topo de linha Maxima, com direito a faróis com formato mais moderno e vincos marcantes. 

Quanto a mecânica, o Sentra deve seguir com os mesmos motores oferecidos atualmente, o que inclui um 1.8 litro de 130 cv para os americanos, com câmbio manual de seis marchas ou automático Xtronic do tipo CVT. No Brasil, o sedã é equipado com o 2.0 litros de 140 cv, apenas com transmissão automática.

O novo Nissan Sentra deve ser apresentado no final deste ano, provavelmente durante o Salão de Los Angeles, que acontece em novembro. Logo, sua chegada ao mercado está prevista para o começo de 2016.

 
 
Traseira do Sentra tem luzes de LEDs Traseira do Sentra tem luzes de LEDs
Entre-eixos aumentou 2 cm Entre-eixos aumentou 2 cm
Sentra será vendido em três versões, S, SV e SL, acima Sentra será vendido em três versões, S, SV e SL, acima
 
 
Redação

Redação |