Um superesportivo transformado em carro de polícia é até compreensível. Mas converter um SLS AMG em veículo de resgaste é um tanto inusitado. Foi o que fez a Mercedes-Benz, durante a feira RETTmobil, que acontece na Alemanha até a próxima sexta-feira.

O enorme motor 6.3 V8 de 570 cv justifica a tarefa pela rapidez com que o ferido será transportado até um hospital. Equipamentos de comunicação e luzes de emergência também são coerentes com a proposta. Mas a Mercedes ainda precisa explicar onde levará a pessoa em atendimento, o paramédico e os equipamentos de emergência.

Rodrigo Mora

|