A Toyota confirmou nesta semana durante a 18ª edição da Feira Internacional de Tecnologia Agrícola, em Ribeirão Preto (SP), que a picape Hilux e o utilitário SW4 ganharão motor bicombustível a partir do início do próximo ano. A marca japonesa também anunciou o retorno do Land Cruiser Prado ao mercado nacional até o final de 2012, já na nova geração.

A montadora, porém, ainda não divulgou detalhes sobre o motor da Hilux flex. O mais provável é que os veículos adotem uma versão do bloco 2.7 a gasolina da gama atual adaptado para também rodar com etanol. Atualmente, as únicas camionetes com capacidade bicombustível no mercado nacional são a Chevrolet S-10 e a Mitsubishi L200 Triton.

Thiago Vinholes

|