A Ford apresentou nesta segunda-feira (10) no Salão de Detroit o conceito Vertrek, um carro que ela classifica como um crossover compacto, segmento ainda pouco explorado pela marca nos Estados Unidos. O plano, segundo a fabricante, é fazer a partir do protótipo um novo veículo global que terá ainda a missão de substituir os modelos Escape e Kuga.

O motor do Vertrek é o bloco quatro cilindros 1.6 turbo da família EcoSport. Para reduzir o consumo de combustível e por consequência o nível de emissões, o modelo possui sistema Start-Stop, que desliga o motor quando o carro encontra-se parado e volta a liga-lo quando o pedal do freio é aliviado, e sistema de freios regenerativos, que converte a energia cinética das frenagens em eletricidade para recarga da bateria.

Segundo a Ford, o desenho do conceito leva em considerações os traços da identidade Kinetic, lançada no novo Fiesta e presente também no design da terceira geração do Focus. Já o interior, como todo carro de demonstração conceitual, é arrojado além do ponto e dificilmente será aplicado na versão de produção. O destaque é o painel com instrumentação digital e o volante multifuncional.

Thiago Vinholes

|