O Grupo Volkswagen concretizou nesta sexta-feira (4) mais uma importante meta de seu plano de crescimento mundial ao comprar as operações da Porsche. A negociação custou € 3,3 bilhões (cerca de R$ 7,5 bilhões) e finaliza o complexo processo de fusão entre as marcas, iniciado em 2008. Nesse ano, a VW adquiriu 51% das ações da fabricante de carros esportivos, que por sua vez também comprou 51% do controle acionário da VW.

Com a venda das operações, que envolve a parte de gerencia comercial e linhas de montagem, a Grupo VW passa a administrar de fato a Porsche. A conclusão da ação também acrescenta, enfim, a décima marca ao conglomerado alemão, que reúne Audi, Bentley, Bugatti, Lamborghini, Scania, Seat, Skoda, MAN e a própria Volkswagen.

E os tentáculos da Volkswagen ainda vão além: a empresa é dona de 20% das ações da japonesa Suzuki e recentemente comprou o estúdio de desenho automotivo Italdesign Giugiaro. Rumores ainda apontam o interessa da VW na Alfa Romeo, atualmente em posse do Grupo Fiat.

Thiago Vinholes

|