A Nissan aproveitou a agitação dos Salões de Xangai e de Nova York, que acontecem simultaneamente, para espalhar seus lançamentos pelo mundo. O evento na China foi palco de lançamento da nova geração do Tiida, enquanto o evento nos Estados Unidos acaba que receber a estreia do novo Versa, nome até então usado pelo Tiida Sedan em outros mercados.

Acontece que o Versa (ou Tiida Sedan) agora é baseado na plataforma do March, compacto que a Nissan já vende no exterior e que chega ao Brasil em setembro deste ano. O lançamento manteve as mesmas medidas de largura e entre-eixos do Tiida Sedan, mas perdeu espaço no porta-malas – caiu de 567 litros para 419 l – e ficou 2 cm mais curto.

Do March também vem o motor 1.6 de 109 cv e os câmbios CVT e manual (5 marchas) que equipam o novo Versa. Os dois carros também são produzidos debaixo do mesmo teto em Aguascalientes, no México. A posição da fábrica é estratégica para Nissan cumprir seu plano de vender o modelo em mais de 170 países, incluindo o Brasil.

Falando em nosso mercado, por aqui o Versa deve chegar somente na segunda metade de 2012 e com algumas mudanças. Além da motorização flex, o sedã terá outro nome no Brasil. Desde o ano passado a Nissan tem o registro do nome “Platina” no INPI (Instituto Nacional da Propriedade Intelectual) para utilização no mercado brasileiro.

De acordo com a Nissan, o modelo estreia no mercado dos EUA em julho com preço inicial de US$ 10.990 (cerca de R$ 17.350). O mote da campanha do carro no país continua como a do Tiida Sedan, que é oferecer um veículo com porte de sedã médio ao valor de um compacto.

Thiago Vinholes

|