A Nissan é uma marca forte no exterior. Tem papel importante no Japão, vende bem nos Estados Unidos e é líder do mercado mexicano. Mas no Brasil, mesmo estando aqui há anos, continua com uma posição de figurante – é a 12ª marca mais vendida do país em 2011.

Essa situação começou a mudar no ano passado com a adoção de campanhas agressivas de publicidade que resultaram em aumento de vendas e em protestos das concorrentes – até boletim de ocorrência a Ford chegou a registrar por causa de um anúncio ofensivo.

Mas a marca japonesa precisa de mais holofotes e para isso percorerrá o Brasil com o Inova Show, uma caravana tecnológica que passará por mais de 30 cidades durante os próximos doze meses.

Além de vender veículos e oferecer test-drives dos carros da linha, a ação servirá para exibir o carro elétrico Leaf, vedete mundial da marca. Também serão exibidos filmes que reforçarão algumas informações pouco conhecidas da Nissan como a fábrica brasileira no Paraná que produz a picape Frontier e a minivan Livina.

Preparando terreno

Mas o aspecto mais importante do Inova Show será oferecer o primeiro contato com o March, o hatch popular que a Nissan lançará no Brasil em outubro. O modelo é fabricado no México e deve chegar com preço e equipamentos competitivos ao nosso mercado já que o custo de fabricação lá é menor e não há taxa de importação entre os dois países.
 
A Nissan diz que a versão 1.0 custará “até R$ 30.000”, valor que o coloca no mesmo patamar do Gol e do Uno, os dois carros mais vendidos do Brasil. Além deles, haverá também uma versão com motor 1.6 mais completa.

Com o March, a montadora driblará suas rivais japonesas já que a Toyota só lançará o seu compacto popular (Etios) no final de 2012 e a Honda ainda não confirmou a chegada do Brio, sua aposta para conquistar mercados emergentes. Se o March vender o esperado, a Nissan pode entrar para o seleto rol das dez marcas mais vendidas no Brasil.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/