1.8 flex, 1.3 turbo ou 2.0 diesel: por qual versão optar da nova Fiat Toro?

Picape conta com cinco catálogos na nova linha 2022 contemplando os três motores
Fiat Toro 2022

Fiat Toro 2022 | Imagem: Divulgação

Seja pelo design, a praticidade de combinar uma caçamba com a dirigibilidade de um automóvel de passeio ou apenas o estilo mais robusto inerente às picapes, sobram possibilidades de análise para explicar o sucesso da Fiat Toro no mercado brasileiro. O modelo encerrou o primeiro trimestre como o 7º veículo mais vendido no Brasil, superando até mesmo os primos menores e mais baratos Mobi e Argo.

Neste mês, um fato importante envolvendo a trajetória da Fiat Toro em nosso mercado foi a estreia da linha 2022 da picape trazendo um bom pacote de evoluções, com destaque para o motor 1.3 turbo flex e uma renovação profunda no interior.

De maneira geral, a Fiat também promoveu uma adequação no catálogo de versões com a chegada da Toro 2022, buscando uma sintonia maior com os desejos do público. Com isso, a marca acertou ao trazer para todas as versões da Toro os 6 airbags, central multimídia e a função TC+ para o controle de tração nas opções flex, o que ajuda a trafegar com a picape por pisos de menor aderência com mais tranquilidade. Outro ponto é que a partir da linha 2022 a Toro será oferecida apenas com câmbio automático.

Começando pelo catálogo Endurance, o mais acessível dentro da gama Toro, apesar da Fiat ter preservado a opção do motor 1.8 flex, reposicionando o catálogo a uma preço mais convidativo (R$ 114.950), é fato que ao considerarmos a diferença não muito grande para o catálogo Endurance Turbo 270 (R$ 119.950) com o novo motor 1.3 sobrealimentado hoje nos parece muito mais interessante optar pela Toro com o propulsor recém-lançado. Aliás, o valor da Toro Endurance turbo flex é o mesmo praticado até então para a versão de entrada 1.8.

Os ganhos do novo motor 1.3 turbo no caso da Toro são expressivos. A aceleração de 0 a 100 km/h, por exemplo, passou de morosos 12,9 segundos na Toro 1.8 flex automática com etanol para bem mais convidativos 10,6 segundos no caso da Toro Endurance 1.3 turbo. Apenas para citar, com gasolina o tempo da Toro 1.8 na prova de performance sobe para desanimadores 14,4 segundos.

No caso de um modelo mais pesado como a Toro, que supera 1.600 kg em seus catálogos de entrada, a potência e torque superiores do 1.3 turbo (até 185 cv e 27,5 kgfm) representam uma diferença importante em relação ao 1.8 aspirado (139 cv e 19,2 kgfm com etanol) e ajudam a entender os ganhos de desempenho. É fato que há muito tempo faltava um motor bicombustível mais eficiente na gama Toro.

Outra vantagem da Toro Endurance Turbo 270 é que o consumo se manteve equilibrado em comparação com o motor 1.8. O propulsor mais moderno, com injeção direta e o sistema MultiAir, é capaz de entregar médias de 9,4 km/l na cidade e 10,8 km/l na estrada com gasolina. Trabalhando com etanol, os números ficam em 6,5 e 8 km/l, respectivamente. No caso da Toro 1.8 automática, as parciais com gasolina são de 9 e 11,1 km/l, caindo para 6,3 e 8 km/l com etanol.

Claro que seria interessante obtermos números de consumo melhores no caso do propulsor mais moderno, contudo, só pelo fato dele ajudar nas respostas dinâmicas sem precisar utilizar mais combustível para isso, de certo modo já é algo bem-vindo. Além disso, graças à força extra do motor, a Toro 1.3 turbo pode transportar 750 kg de carga na caçamba contra 650 kg da Toro 1.8.

Endurance evolui

Em termos de nível de equipamentos, a Toro Endurance segue como a pedida racional dentro do portfólio e atende em cheio ao público que busca apenas os equipamentos essenciais de conforto, segurança e conectividade. Independente do motor, incluindo o 2.0 turbodiesel (R$ 152.990), encontramos na Toro Endurance a central multimídia, que já não empolga com sua tela de 7”, mas cumpre a função de espelhar smartphones, além de sensor de estacionamento traseiro, rodas de liga leve aro 16”, luz diurna em LED, revestimento da caçamba, controles de tração e estabilidade, os já citados 6 airbags, alarme, trio elétrico, entre outros itens.

Em resumo, a Toro Endurance tornou-se uma versão muito mais interessante a partir da linha 2022 ao agregar recursos importantes na lista de equipamentos de série. A sugestão é que, mesmo neste que é um catálogo voltado ao custo-benefício, é recomendável arcar com os R$ 5 mil de diferença e levar para a garagem de casa a picape com motorização turbo flex, até mesmo pensando na liquidez na hora da revenda.

Já se você roda muito ou tem a necessidade da tração 4x4, aí vale a pena adquirir a Toro Endurance 2.0 turbodiesel, que segue com a caixa automática de 9 marchas. O propulsor não sofreu alterações na Toro 2022 e continua com 170 cv e 35,7 kgfm de torque. No caso da Toro Endurance diesel, o consumo oficial é de 10,4 km/l na cidade e 13,3 km/l na estrada. Sempre importante destacar que a Toro diesel oferece capacidade de carga de 1 tonelada.

Já para quem busca mais sofisticação e alguns equipamentos de conforto específico, a Fiat disponibiliza o catálogo Freedom com motor 1.3 turbo flex (R$ 131.890) e 2.0 turbodiesel (R$ 164.390). Em relação à Toro Endurance, o catálogo intermediário acrescenta a central multimídia com tela maior (8,4”), câmera de ré, ar-condicionado automático com 2 zonas de atuação, faróis full-LED, capota marítima, entre outros.

Nossa sugestão? Se você quer mesmo mais conforto e comodidade, vale mais a pena migrar da Toro Endurance flex diretamente para o catálogo Volcano, que a partir da linha 2022 pode ser adquirido com motor 1.3 turbo (R$ 144.990) além do 2.0 diesel (R$ 177.690), como ocorria anteriormente. A Toro Volcano, em especial para quem considera a compra da picape com propulsor 1.3, nos parece mais equilibrada se a ideia é buscar um nível superior de acabamento. Além de todos os itens da Freedom, a Toro Volcano já sai de fábrica com revestimento interno de couro, chave presencial, sensor de chuva, acendimento automático dos faróis, 7 airbags, sensor de estacionamento frontal, rodas de liga leve aro 18”, assentos com ajuste elétrico e carregador de smartphones por indução, apenas para elencar os principais itens. 

E as versões a diesel?

No parágrafo anterior, citamos que a Toro Volcano é interessante para quem considera a compra da picape com motor turbo flex, já se a ideia é optar pela Toro 2.0 turbodiesel mais completa, as versões topo de linha Ranch e Ultra ganharam bem mais destaque na linha 2022, em especial pelo reforço na segurança com o pacote de assistentes de condução de série.

A Toro Ranch 2.0 turbo diesel é tabelada em R$ 185.490, enquanto a Ultra custa R$ 187.490, sendo que o ponto forte dos respectivos catálogos está na inclusão do ADAS (sistema avançado de assistência ao condutor). O pacote engloba o alerta de colisão com frenagem autônoma, aviso de mudança de faixa e a comutação automática entre os fachos alto e baixo do farol, recurso interessante para quem viaja muito à noite em vias mal iluminadas.

Se levarmos em conta apenas as versões diesel, é claro que a Toro Ultra (apelo urbano) e a Ranch (apelo off-road) representam um salto considerável em relação aos demais catálogos, porém a diferença de preço, que pode chegar a R$ 9.800 entre a Toro Volcano 2.0 e a Ultra, torna-se um valor que vale a pena ser absorvido, ao menos em nossa opinião, por conta do salto notável em segurança.

Além disso, a cobertura rígida na caçamba da Toro Ultra confere um nível de versatilidade singular à picape, uma vez que torna possível utilizar o compartimento como se fosse um “porta-malas” para 937 litros de bagagem, algo que nenhum SUV na faixa de preço da Toro é capaz de oferecer.

Além do ADAS, a Toro Ultra e a Ranch acrescentam a central multimídia com tela de 10,1”, que confere um visual bem mais interessante para o interior da picape, além de uma grade frontal própria e bem mais envolvente para as duas versões. 

De maneira geral, a Toro alcança a linha 2022 muito mais madura em seu projeto, o que pode ser visto pela nova composição atraente de suas versões. O motor 1.3 turbo flex representa uma melhora importante para a picape do ponto de vista da eficiência, assim como o salto em tecnologia permite que a Toro faça frente até mesmo aos SUVs de maneira ainda melhor. Ao ponderar nossas recomendações descritas neste especial, você certamente fará uma boa compra na hora de optar pela picape. Esperamos ter ajudado! 

Fiat Toro 2022

Fiat Toro 2022