Não se engane com a designação inferior ao 300C. O conceito 200C é um sedã do porte do colega de salão Mercedes-Benz Classe E, porém, traz a bordo tecnologia que se estivesse disponível hoje aos consumidores poderia tirar a Chrysler do buraco.

Com linhas largas e desenho harmonioso, o 200C foge ao padrão da marca, que costuma apresentar traços grosseiros. Engana-se quem pensa tratar-se de um veículo sedento por combustível. O modelo é híbrido, tem tração traseira, e pode ser reabastecido com eletricidade facilmente. Além disso, tem um pequeno motor a gasolina para situações emergenciais.

No total, são 268 cv disponíveis e capacidade para ir de 0 a 100 km/h em cerca de 7 segundos. Se você está impressionado, ainda nem o viu por dentro. O cockpit é quase uma nave espacial: uma tela com touch screen disforme, que agrega diversas funções.

A pergunta quem vem à cabeça é: a inspiração dos designers da Chrysler veio pela pressão pela sobrevivência? Porque o resultado disso pode ter sido bom. Como a empresa continua seu dilema de falta de caixa, saber se o 200C um dia estará nas ruas é um mistério cuja resolução levará tempo.

Conheça os carros mais vendidos do Brasil nos últimos 10 anos

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/