A frota de R$ 183 milhões que circula em São Paulo

Detran paulista faz um levantamento dos carrões que encontram-se rodando na região
Rolls-Royce Phantom 2016

Rolls-Royce Phantom 2016 | Imagem: Divulgação

O Detran.SP divulgou nesta semana um interessante levantamento de alguns supercarros, sejam eles esportivos ou de alto luxo, que circulam pelas ruas do Estado.

Mesmo sem levar em conta todos os modelos, a cifra atingida pelos modelos é impressionante e supera os R$ 183 milhões quando somados.

Dentre os modelos mais caros, existem no Estado de São Paulo oito unidades do Lamborghini Aventador, modelo que custa R$ 4 milhões. Outro modelo com valor semelhante, no caso o Rolls-Royce Phantom de pouco mais de R$ 4,5 milhões, conta com 5 unidades rodando pelas vias paulistas. Só o modelo inglês soma mais de R$ 23 milhões quando levamos em conta todas as unidades em circulação.

Um dos modelos mais procurados é o Audi R8, que custava R$ 959.990 em sua versão com motor V10 até a geração anterior. Existem 73 unidades do esportivos emplacadas, totalizando pouco mais de R$ 70 milhões. Logo após o Audi R8, quem soma um bom número de vendas é o Porsche 911 Turbo S, com 37 veículos nas ruas. Cada um deles custa R$ 1.233.000 quando novo.

Partindo para os superesportivos, São Paulo conta com 4 unidades do McLaren MP4-12C nas ruas, sendo que os importadores independentes iniciaram a comercialização do modelo por aqui cobrando R$ 2,2 milhões para cada unidade.

Por fim, também estão registradas uma Ferrari 599 GTO (atualmente com preço girando em torno de R$ 1,7 mihão) e uma unidade do Aston Martin DB9, sendo que o cupê é comercializado por um preço semelhante.

E você, se pudesse qual escolheria para sua garagem? 

Assine a newsletter semanal do AUTOO!