Os cupês de quatro portas aparentemente serão uma das grandes tendências de design daqui em diante. E a Audi sai na frente como a primeira marca a ampliar sua oferta no segmento com o A7 Sportback, apresentado oficialmente hoje no museu Pinakothek, na Alemanha. Seu alvo é claro: Mercedes-Benz CLS.

Posicionado entre A6 e A8, o novo modelo parece um irmão maior do A5 Sportback, esbarrando suas medidas nas do sedã mais luxuoso da Audi. Com espaço interno para quatro pessoas, o A7 tem 4,97 metros de comprimento, 1,91 m de largura, 1,42 m de altura e 2,91 m de entreeixos – proporções que mudam para 5,14 m, 1,95 m, 1,46 m e 2,99 m, respectivamente. Assim como TT e R8, o A7 conta com um aerofólio integrado, que levanta conforme o carro ganha velocidade. Apesar de não contar com a carroceria de alumínio do A8, o novo cupê usa o material em muitas partes, como portas, capô e porta traseira.

Todas as versões terão motor V6 de injeção direta de combustível, sistema stop/start e freios regenerativos. Movidos a gasolina, o 2.8 litros chega a 201 cv e o 3 litros turbo alcança 295 cv – ambos disponíveis com o câmbio S-Tronic de sete marchas e tração integral. Os outros dois propulsores são movidos a diesel, e segundo a Audi o mais potente chega a 241 cv, também oferecido com a transmissão S-Tronic e a tração quattro.

Infelizmente, o A7 não será trazido ao Salão de São Paulo, em outubro. Mas não seria surpresa vê-lo por aqui no próximo ano.

Conheça os carros mais vendidos do Brasil nos últimos 10 anos

Rodrigo Mora

|