Audi revela a nova geração do A3; modelo está confirmado para o Brasil

Agora baseado na oitava geração do Volkswagen Golf, modelo traz visual repaginado e novas opções de motorização
Audi A3 2021

Audi A3 2021 | Imagem: Divulgação

A apresentação do novo Audi A3 estava marcada para o Salão de Genebra (Suíça), mas como o evento foi cancelado por receio do Coronavírus, a marca simplesmente divulgou os detalhes da nova geração de seu hatch por meio da internet. Em um primeiro momento, apenas determinadas configurações do A3 estarão disponíveis.

Apesar disso o modelo já está em campanha de pré-venda na Europa, tendo as primeiras entregas prometidas por lá para o mês de junho. Até o momento foram confirmados os preços das versões 1.5 35 TSFI, de 28.900 euros (cerca de R$ 143,6 mil), 2.0 30 TDI turbodiesel, de 29.900 euros (R$ 148,5 mil) e para a versão de entrada 1.0 turbo a gasolina por 26.900 euros (R$ 133,1 mil).

Com a mudança de geração, o novo Audi A3 agora tem 4,37 m de comprimento, 2,64 m de entre-eixos e 1,82 de largura. Em sua configuração com motor a gasolina, na versão de entrada, o carro pesa 1.280 kg. A capacidade declarada do porta-malas é de 380 litros.

Visualmente, a Audi não ousou muito no seu desenho. A nova geração do A3 tem uma silhueta muito similar ao do modelo que substitui, mas traz faróis redesenhados que, opcionalmente podem receber iluminação por lâmpadas de LED inteligentes Matrix LED. Onde o carro parece ter os abrigos para faróis auxiliares, no entanto, não há nada instalado além de um entorno pintado. Externamente, também possível notar que o modelo apresenta a linha de cintura mais destacada.

Os primeiros motores a serem disponibilizados são o 1.5 turbo a gasolina de 150 cv e o 2.0 turbodiesel podendo entregar 116 cv ou 180 cv. Depois, a versão de entrada deverá contar com um 1.0 turbo a gasolina de 110 cv. A versão híbrida deverá ter também duas opções de potência a partir da combinação do motor 1.4 turbo a gasolina com um elétrico: 150 cv ou 245 cv como nos Golf eHybrid e GTE.

Por enquanto, tais configurações são oferecidas apenas com tração dianteira, sendo que o clássico sistema de tração integral quattro da marca deverá chegar posteriormente. Em termos de câmbio, todas as configurações que já tiveram os preços anunciados trarão de série uma transmissão manual de seis marchas ou, opcionalmente, a caixa automatizada de sete velocidades. As configurações híbridas, porém, só poderão ser equipadas com o câmbio automático.

As configurações esportivas S3 e RS3 deverão chegar às ruas ainda em 2020, mas após os híbridos. O S3 deverá contar com um 2.0 turbo a gasolina entregando 310 cv, enquanto o RS3 manterá o 2.5 de cinco cilindros em linha desenvolvendo até 400 cv.

Para a suspensão, a Audi anunciou que as versões do novo A3 com até 150 cv de potência serão equipados com eixo traseiro de torção. Acima desse patamar de cavalaria, a suspensão traseira passa a ser independente Multilink. Opcionalmente, haverá suspensão adaptativa e o conjunto S-Line, que deixa o carro até 15 mm mais baixo. 

Procurada pelo Autoo, a Audi declarou que a nova geração do A3 está confirmada para o Brasil, mas ainda sem data definida para o lançamento em nosso país. 

 
Assine a newsletter semanal do AUTOO!