A alta de 30 pontos percentuais do IPI para veículos importados de países sem acordo comercial com o Brasil fez algumas concessionárias esgotarem suas ofertas no último final de semana. Na Audi, segundo a própria empresa, há ainda 900 unidades com a antiga alíquota de 25% distribuídas pelas lojas da marca.

Os preços sem aumento valem para a linha 2011, que já tinha desembarcado no País antes da medida do governo ser validada. Já os modelos 2012 sofrerão aumento gradativo, segundo a Audi, que pretende até o dia 31 de outubro vender tais modelos com reajuste de 10% apenas.

A montadora alemã também confirmou que mantém seus planos de investimento para o Brasil, o que inclui 16 lançamentos até o fim de 2012.

Rodrigo Mora

|