Avaliação: Nissan Frontier oferece dois mundos em suas versões mais caras

Luxo na Platinum ou aventura na Pro-4X? Cliente fica livre na escolha pelo mesmo valor de R$ 319.990
Nissan Frontier 2024

Nissan Frontier 2024 | Imagem: Murilo Góes/Divulgação

A escolha de uma versão na hora de comprar um carro vai muito mais pelo preço do que pela necessidade. É claro que todo mundo quer ter a opção com mais equipamentos de luxo e segurança, mas nem sempre é possível arcar com isso. Mas e quando você tem duas opções pelo mesmo preço? O que escolher?

É essa pulga que a Nissan coloca atrás da orelha de seus clientes ao oferecer duas versões pelo exato mesmo valor para a Frontier: R$ 319.990. Com esse pix o comprador pode optar pelo luxo da Platinum ou pelo estilo aventureiro da Pro-4X. E pudemos andar nas duas para comparar o que cada uma oferece.

Platinum pelo asfalto

O pátio na frente do prédio onde fica o escritório da Nissan em São Paulo estava com todas as versões da picape à disposição para começar uma viagem com destino a Campos do Jordão, no interior de São Paulo. Entre elas, uma unidade da Platinum azul-marinho no esperava.

Nissan Frontier 2024
Nissan Frontier Platinum
Imagem: Murilo Góes/Divulgação

Da região da Vila Olímpia até a rodovia Ayrton Senna, quem é de São Paulo, já sabe. É muito trânsito. Então é tempo para aproveitar o que a picape tem por dentro. Bancos de couro, ar-condicionado digital com duas zonas de temperatura, saídas de ar para o banco traseiro e algo raro em picapes, o teto solar.

O acabamento não é nenhum primor. Há plásticos duros por todo lado, comandos simples e até os difusores de ar nas pontas do painel lembram os que eram usados no March, hatch compacto que já saiu de linha. A possibilidade é que sejam os mesmos. 

Mas o comprador de picape não deve ligar para isso, afinal, quase todas os modelos da categoria pecam nisso. A central multimídia com tela de 8” é pequena para os padrões atuais e o tamanho da caminhonete. 

Também faltam espaços para guardar o celular, que precisa estar ligado por cabo para usar o Android Auto e o Apple Carplay. Carregador por indução ainda não chegou na Frontier.

VEJA TAMBÉM:

Ao alcançar a estrada, é possível perceber uma das principais qualidades da Frontier, que é o conforto. A suspensão multilink não faz com que a caminhonete pule nas imperfeições da rodovia, como acontece com outras picapes. 

O teste foi feito, é bom lembrar, com dois adultos com pouca bagagem. A capacidade de carga de 1.010 kg estava longe de ser atingida, o que mudaria o comportamento da picape, mas quem paga quase R$ 320 mil em uma versão luxuosa dificilmente vai carregar muita coisa no dia a dia.

No meio do caminho uma chuva forte fez com que a velocidade fosse reduzida, mas não a sensação de segurança. Ela se manteve firme, mas seria melhor se pudesse ligar a tração 4x4 no asfalto. No caso da maioria das picapes, isso poderia causar uma quebra do diferencial ou do eixo cardã.

A chegada sem sustos à cidade turística permitiu uma boa olhada no exterior da picape. A versão Platinum tem rodas de 18” com pneus para asfalto, detalhes cromados nas maçanetas e na grade.

Pro-4X na terra

Na hora de voltar para São Paulo foi a vez de assumir o volante de uma Pro-4X pintada num cinza sólido, cor que está na moda e que cai bem para carros como a Frontier mais aventureira. 

Nissan Frontier 2024
Nissan Frontier Pro-4X tem visual mais esportivo
Imagem: Murilo Góes/Divulgação

Para ser condizente com a proposta, a mudança mecânica é a troca das rodas para um jogo com uma polegada a menos, ou seja, 17 polegadas, e pneus de uso misto. Também estão lá acessórios pretos, no lugar das prateadas da Platinum.

A Pro-4X também tem o interior exclusivo, com a forração dos bancos próprios da versão. De resto, a lista de equipamentos é igual.

Nissan Frontier 2024
Nissan Frontier Pro-4X
Imagem: Murilo Góes/Divulgação

Do hotel até uma vinícola localizada próxima a Campos do Jordão, o caminho era de terra, onde a tração 4x4 pôde ser ligada. Nada muito radical, mas uma estrada como muitas outras espalhadas pelo Brasil, com lama reforçada pela chuva do dia anterior.

Nos trechos mais complicados, o máximo que a Frontier fez foi dar algumas escorregadas de lado, mas passou sem problemas. Trilheiros costumam trocar os pneus de uso misto por outros mais próprios pela terra, mas a Frontier original se mostrou bastante capaz de chegar ao destino.

A mecânica das duas é a mesma, um 2.3 biturbo movido a diesel com 190 cv de potência e 45,9 kgfm de torque. O câmbio é automático de sete marchas.

Nissan Frontier 2023
Nissan Frontier 2023
Imagem: Divulgação

Frontier com garantia de 6 anos

Durante o evento em que pudemos testar as duas versões da Frontier, a Nissan anunciou que a garantia da picape passou de três anos para seis. Agora é o maior período de garantia da categoria.

Siga o AUTOO nas redes: Instagram | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

Essa nova garantia não tem limite de quilometragem para pessoa física. Para compras com CNPJ, a duração é de seis anos ou 100 mil km, o que chegar primeiro. Ela engloba toda a linha 2024, incluindo as unidades vendidas a partir de julho.

Além da garantia, o cliente Nissan vai ter acesso ao serviço Way Assistance pelo mesmo período. O pacote oferece assistência em caso de pane, colisão, furto ou furo de pneu.

Recomendados por AUTOO

Youtube
Toyota Corolla Cross 2025 muda para encarar chineses

Toyota Corolla Cross 2025 muda para encarar chineses

Modelo ganhou novo visual e alguns equipamentos interessantes. Assista
Aviação
Maior avião brasileiro está combatendo incêndios no Pantanal

Maior avião brasileiro está combatendo incêndios no Pantanal

Embraer KC-390 da FAB pode ser convertido para avião bombeiro. Veja como funciona
MOTOO
Bajaj inaugura fábrica no Brasil

Bajaj inaugura fábrica no Brasil

Uma das maiores montadoras do mundo, a gigante indiana construiu fábrica própria em Manaus para produção de motocicletas