Apesar da participação discreta em vendas no segmento, o Nissan Versa é um modelo que conquistou uma boa reputação na categoria em grande parte graças ao espaço interno amplo, a mecânica robusta e o custo de manutenção competitivo. Na medida em que os concorrentes saltavam de geração, faltava ao Versa entregar um nível de segurança superior, assim como equipamentos de ponta e um design mais atual. 

De uma forma muito competente, a Nissan resolveu tudo isso na nova geração do sedan, que chega ao Brasil importada do México para servir como alternativa ao líder Chevrolet Onix Plus e modelos como Volkswagen Virtus, Toyota Yaris Sedã, Hyundai HB20S, entre outros. 

Utilizando agora a mesma plataforma do Kicks, o Nissan Versa em sua nova geração ganhou uma profunda revisão no design, deixando de lado o aspecto tradicional e generalista de suas formas para adotar traços arrojados, com direito até a um caráter mais esportivo. Com uma traseira curta e um teto apostando na caída acentuada que faz sucesso nos cupês, a decisão da Nissan de conferir uma carroceria mais larga e baixa ao novo Versa fez muito bem ao modelo, conferindo um ar de sofisticação ao sedan. 

Atingindo agora 4,49 m de comprimento e repetindo o entre-eixos de 2,62 m do Kicks, o Versa preservou a cabine com espaço de sobra para as pernas dos seus cinco passageiros. O ganho superior a 4 cm na largura (1,74 m) também é facilmente percebido no interior do novo Versa. Motorista e passageiro, por exemplo, ficam com os braços acomodados de forma confortável, enquanto três pessoas conseguem se instalar facilmente no banco traseiro. 

O porta-malas, agora com 482 litros, também aproxima o novo Versa da concorrência. Mesmo ficando distante dos 521litros de um Virtus, não há do que reclamar em termos de capacidade volumétrica no Nissan. Claro que isso varia muito de consumidor para consumidor, mas um ponto que nos chamou a atenção em uma revisão mais aprofundada na ficha técnica do novo Versa foi o tanque de combustível para apenas 41 litros, algo que talvez incomode alguns motoristas que desejam maior autonomia. 

Seguindo nos critérios técnicos, talvez o ponto mais polêmico envolvendo a nova geração do Versa fique por conta da escolha da Nissan de continuar com o motor 1.6 16V aspirado sob o capô do modelo, enquanto os rivais diretos mais vendidos no segmento apostam firme no downsizing para alcançar uma eficiência superior. 

 

Considerando a objetividade dos números, entretanto, o Nissan Versa 2021 não fica tão longe dos rivais em termos de desempenho e consumo ao levarmos em conta modelos com motores 1.0 turbo. Com câmbio automático, o novo Versa é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 10,7 segundos e entregar médias de até 11,7 km/l na cidade e 13,9 km/l na estrada quando abastecido com gasolina. Apenas como comparação, o Chevrolet Onix Premier cumpre a prova de aceleração em 10,4 segundos e suas parciais de consumo, nas mesmas condições, ficam em 12 e 15 km/l, respectivamente. 

Por se tratar de um motor aspirado, o 1.6 16V não entrega uma sensação mais intensa nas acelerações e retomadas, algo que notamos a bordo de outros sedans compactos com motor turbo. Isso ocorre em especial porque a sobrealimentação resulta em um torque máximo superior e disponível em rotações bem mais baixas. Apenas como comparação, os 15,5 kgfm do Versa aparecem apenas a 4.000 rpm, enquanto um Onix Plus 1.0 turbo está despejando 16,8 kgfm de torque nas rodas em 2.000 rpm.  

De qualquer forma, como é leve (1.137 kg na versão avaliada Exclusive), o novo Versa não mostra-se apático ao volante e é um modelo que certamente entrega o nível de performance (longe de qualquer esportividade) esperado dentro da classe mesmo quando carregado. 

A Nissan alega, com razão, que o motor 1.6 16V confere ao novo Versa custos de manutenção bem mais competitivos. Aliás, a marca clama que o sedan será o melhor do segmento nesse aspecto. Outro ponto que pode fazer o Versa se destacar entre alguns concorrentes é que uma parte do público ainda mostra-se reticente quanto a motores turbo e o uso de periféricos mais avançados como é o caso da injeção direta, preferindo um propulsor mais convencional para o seu automóvel. Nos resta conferir, portanto, a resposta do mercado para a estratégia da marca. 

Coerente com o design jovial, a Nissan fez um bom trabalho de acerto dinâmico para a nova geração do Versa no Brasil. Ao diminuir a rolagem da carroceria em curvas em relação ao antecessor, o novo Versa está, de fato, mais equilibrado e com uma condução envolvente, sem sacrificar o conforto e a absorção de irregularidades do piso. A direção elétrica, recalibrada e com uma coluna mais rígida, mostrou-se precisa e rápida durante nossa avaliação do novo Versa realizada em uma pista fechada no interior de São Paulo. 

Finalmente resolvendo de vez a questão da ausência dos controles de tração e estabilidade, o novo Versa 2021 não só traz a importante dupla de segurança ativa de série como também chega com 6 airbags em todas as versões. 

No caso do Versa Exclusive, também merece destaque a sempre bem-vinda ajuda da tecnologia para evitar acidentes. O Versa mais caro, tabelado em R$ 92.990, traz como itens de série assistentes avançados como o monitoramento de pontos cegos, alerta de colisão com frenagem autônoma de emergência, sistema de câmeras 360º, detector de objetos em movimento e alerta de tráfego cruzado traseiro, entre outros. Completando a lista de equipamentos, o Versa Exclusive oferece também ar-condicionado automático digital, revestimento interno de couro, rodas de liga leve aro 17”, entre outros. Temos, portanto, um pacote bastante completo. 

Com vários elementos de acabamento interno que remetem ao Kicks, como a tela da central multimídia, volante, entre outros, o interior do Versa está muito melhor e refinado, com direito até a revestimento soft touch no painel e a possibilidade de receber carregador por indução para smartphones como acessório. 

Considerando que estamos falando de um modelo compacto, o qual precisa equilibrar muito bem a relação entre o preço final aos consumidores com o limite até onde a marca pode chegar em termos de materiais usados no acabamento interno, temos um compromisso bem interessante na cabine do Versa 2021. 

Olhando para a concorrência, o Onix Plus Premier completo gravita na faixa de R$ 85 mil a R$ 90 mil, portanto oferece um custo-benefício mais agressivo. Ele não oferece itens como o sistema de câmera 360º e o alerta de colisão com frenagem autônoma, porém conta também com o aviso de pontos cegos nos retrovisores e é o único no segmento a receber o assistente de estacionamento. 

De qualquer forma, tanto o Onix Plus como o Versa, ao lado do Hyundai HB20S Diamond Plus, tornam-se os sedans compactos mais sofisticados da categoria. Modelos como o VW Virtus, Toyota Yaris Sedã, Fiat Cronos, entre outros, ainda não oferecem assistentes de condução mais avançados sequer em suas versões mais caras. 

Em resumo, o novo Versa estreia no Brasil mantendo alguns valores inerentes aos sedans compactos japoneses, como a racionalidade mecânica, o conforto e a suavidade ao rodar, além de toda a robustez do conjunto, o que se traduz em elevada confiabilidade e baixa manutenção. Se antes era um carro que não empolgava pelo visual, a nova geração traz como um grande trunfo a estética bem mais sofisticada e o interior aconchegante. Com tudo isso aliado ao bom pacote de tecnologia que pode receber nas versões superiores, certamente o novo Versa vai se projetar dentro do segmento. Um saudável estímulo para a concorrência. 

 
 
Nissan Versa 2021
 
Nissan Versa 2021
Nissan Versa 2021
Nissan Versa 2021
 
Nissan Versa 2021
Nissan Versa 2021
Nissan Versa 2021
 
Nissan Versa 2021
Nissan Versa 2021
Nissan Versa 2021
 
Nissan Versa 2021
Nissan Versa 2021
Nissan Versa 2021
 
Nissan Versa 2021
Nissan Versa 2021
Nissan Versa 2021
 
Nissan Versa 2021
Nissan Versa 2021
Nissan Versa 2021
 
Nissan Versa 2021
Nissan Versa 2021
Nissan Versa 2021
 
Nissan Versa 2021
Nissan Versa 2021
Nissan Versa 2021
 
Nissan Versa 2021
Nissan Versa 2021
Nissan Versa 2021
 
Nissan Versa 2021
Nissan Versa 2021
Nissan Versa 2021
 
Nissan Versa 2021
Nissan Versa 2021
Nissan Versa 2021
 
Nissan Versa 2021
Nissan Versa 2021
 
 

Ficha técnica

Nissan Versa 2021 Exclusive 1.6 16V flex automático 4p
Preço R$ 92.990 (10/2020)
Categoria Sedã compacto
Vendas acumuladas neste ano 8.614 unidades
Motor 4 cilindros, 1598 cm³
Potência 114 cv a 5600 rpm (gasolina)
Torque 15,5 kgfm a 4000 rpm
Dimensões Comprimento 4,495 m, largura 1,74 m, altura 1,475 m, entreeixos 2,62 m
Peso em ordem de marcha 1137 kg
Tanque de combustível 41 litros
Porta-malas 482 litros
Veja ficha completa

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo | http://www.jcceditorial.com.br/