Câmera de ré pode ser obrigatória nos EUA

Projeto prevê implantar acessório em todos os carros do país; valor deve chegar a R$ 4,6 bi

O Volt conta com câmera de ré para estacionamento | Imagem: Divulgação

Ao que tudo indica, até 2014 todos os carros serão equipados, obrigatoriamente, com câmera de ré. Essa informação faria a alegria de muitos, caso não fosse exclusiva para os Estados Unidos. De acordo com a NHTSA (agência nacional de tráfego daquele país), a ideia é acabar com os pontos cegos nos carros.

O projeto final está prestes a ser enviado ao Congresso americano. O recurso se chamará Cameron Gulbransen, que morreu aos 2 anos após o pai, sem perceber, atropelá-lo ao dar ré em seu carro.

Veja mais: Conheça a nova Ferrari F12berlinetta, a mais rápida da história

O projeto deve sofrer a pressão das montadoras por conta do aumento de custo que significará. Segundo informações, a inclusão das câmeras de ré custará US$ 2,7 bilhões (aproximadamente R$ 4,6 bilhões).

Após os airbags tornarem-se itens de série naquele país, as câmeras de ré também serão tratadas com rigor, tudo para melhorar a segurança para os pedestres. Nesta terça-feira, o Secretário de Transportes do país reconheceu que o projeto só ficará pronto no final do ano por conta de detalhes que ainda não estão claros sobre a lei.

Nos Estados Unidos morrem 228 pessoas ao ano devido a acidentes com carros na marcha a ré. 44% destes transeuntes são crianças de até cinco anos.  No Brasil, porém, um projeto deste tipo ainda está longe de acontecer. E os carros vendidos por aqui... bem, estes tem a qualidade de modelos europeus de 1990.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!