Chery QQ ganha motor 1.0 três cilindros

Novo propulsor a gasolina gera 69 cv e 9,3 kgfm de torque; preços começam em R$ 23.990

Chery QQ estreia por R$ 22.990 | Imagem: divulgação

Tendência entre os automóveis compactos, o motor de três cilindros desta vez estreou em um carro chinês. A divisão brasileira da Chery anunciou nesta segunda-feira (14) o lançamento do QQ equipado com o novo motor Acteco 1.0 12V a gasolina com três cilindros – a configuração tradicional da categoria são quatro cilindros.

Segundo a montadora, o propulsor gera 69 cv a 6.000 rpm e torque máximo de 9,3 kgfm a partir de 3.500 rpm. O câmbio é manual de cinco marchas. Comparado ao QQ 1.1, que segue disponível, o modelo 1.0 tem 1 cv a mais.

Veja mais: Chery mostra seu primeiro carro fabricado em Jacareí

A fabricante ainda afirma que QQ 1.0 também tem melhores números de consumo em relação a versão 1.1, que já tinha bom rendimento, com consumo médio perto dos 20 km/l. A Chery, todavia, ainda não divulgou os dados de desempenho do carro.

Como na linha anterior, o QQ segue equipado de série com direção hidráulica, ar condicionado, travas e vidros elétricos, rádio com entrada USB, além de freios ABS e airbags frontais. A linha 2015 do carrinho chinês também estreia uma nova versão, chamada QQ Act. Nessa opção, a lista de itens ganha sensor de ré, rodas de liga leve, rack de teto e rádio com CD-player.

Os preços do QQ começam em R$ 22.990 na série com motor 1.1 e R$ 23.990 na nova opção 1.0 três cilindros. A versão Act, disponível com motor 1.0, custa R$ 25.990.

Recomendados por AUTOO

Youtube
Toyota Corolla Cross 2025 muda para encarar chineses

Toyota Corolla Cross 2025 muda para encarar chineses

Modelo ganhou novo visual e alguns equipamentos interessantes. Assista
Aviação
Maior avião brasileiro está combatendo incêndios no Pantanal

Maior avião brasileiro está combatendo incêndios no Pantanal

Embraer KC-390 da FAB pode ser convertido para avião bombeiro. Veja como funciona
MOTOO
Bajaj inaugura fábrica no Brasil

Bajaj inaugura fábrica no Brasil

Uma das maiores montadoras do mundo, a gigante indiana construiu fábrica própria em Manaus para produção de motocicletas