Um novo mercado de esportivos se formará no Brasil ainda este ano, num patamar acima de Fiat Punto T-Jet e Honda Civic Si. São os muscle cars norte-americanos, que por enquanto são trazidos por importadoras oficiais e raramente vistos em nossas ruas. A Chevrolet já havia confirmado a importação oficial do Camaro para este ano, e agora é a Chrysler que entrará na briga. Segundo a coluna do jornalista Fernando Calmon, os Dodge Charger e Challenger serão apresentados no Salão do Automóvel de São Paulo, em outubro, e em seguida devem chegar às lojas da marca.

As grandes vantagens para quem sonhava com esses modelos são o preço menor em relação ao cobrado pelos importadores e a manutenção, que nessa condição se torna possível. Uma importadora consultada por AUTOO nos revelou que um Ford Mustang com motor de 6 cilindros sai por US$ 80 000 (R$ 142 700), enquanto o GT, de 8 cilindros, é vendido por US$ 100 000 (R$ 178 400). A garantia dada ao modelo é de dois anos. Já o Chevrolet Camaro de 6 cilindros vale na importadora US$ 95 000 (R$ 169 400) e o de 8 cilindros, US$ 100 000 (R$ 196 200). Já o Charger sai por US$ 77 000 (R$ 137 440) e US$ 105 000 (R$ 187 420), respectivamente. Para Camaro e Charger, a garantia é de um ano.

Conheça os carros mais vendidos do Brasil nos últimos 10 anos

Rodrigo Mora

|