Cruze ganha nova cara na Argentina

Além das mudaças no visual, modelo da Chevrolet recebe novo 2.0 turbodiesel

Chevrolet Cruze 2013 | Imagem: Divulgação

Lançado na Argentina em 2010, o Chevrolet Cruze passa por seu primeiro facelift no país dos "hermanos". Tanto a versão hatch quanto a sedã receberam nova grade dianteira, para-choques redesenhados, faróis de neblina e novas rodas de liga leve - a versão segue o mesmo estilo do Cruze renovado já disponível na Coreia do Sul.

Outra novidade é o motor 2.0 turbodiesel de 163 cv acoplado ao câmbio automática de seis marchas incorporado na versão hatckback Cruze 5. As versões LT e LTZ ainda continuam com a opção 1.8 a gasolina, que gera 141 cv com câmbio manual de cinco marchas ou automático de seis velocidades.

Todas as versões possuem sistema MyLink com tela de 7”, ar condicionado, vidros elétricos na frente e atrás e comandos no volante. Apenas a versão top de linha é equipada com câmera de estacionamento. Com relação aos equipamentos de segurança, a versão LT possui quatro airbags e freios ABS enquanto a top de linha LTZ traz seis bolsas infláveis, controle de estabilidade e assistência em frenagem de emergência.

Veja mais: Nova geração do Cruze é testada no gelo

Os preços partem de 143.460 pesos (cerca de R$ 55.504) para o Cruze LT 1.8 com câmbio manual até 194.320 pesos (equivalente a R$ 76.000) na versão LTZ 2.0 a diesel. Ao contrário do modelo da Argentina, que é fabricado na Coréia do Sul, o Cruze vendido no Brasil é produto nacional e começou a ser fabricado há pouco mais de um ano, por isso tais mudanças devem chegar aqui apenas em 2014.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!