Depois do americano, Toyota revela o Corolla europeu

Versão é mais elegante e sofisticada que o sedã dos EUA, além de ser mais cotada para o Brasil

Novo Toyota Corolla 2014 na versão europeia | Imagem: Divulgação

Nem bem mostrou o novo Corolla nos Estados Unidos e a Toyota decidiu revelar sua versão europeia nesta sexta-feira, 7. E ela resolveu algumas dúvidas que pairavam no ar. A primeira é que este modelo é o que teve duas fotos vazadas meses atrás e que serviu de base para as projeções do AUTOO. A segunda é que, sim, o Corolla europeu deve inspirar a versão nacional, que chegará ao mercado brasileiro no início de 2014.

Este novo Corolla será produzido na Turquia e exportada para outros mercados da Europa. O sedã fará companhia para o Auris, o hatch médio que divide plataforma com ele. Não é um dos continentes onde o Corolla vende bem, talvez por isso a versão turca seja bem mais sofisticada e elegante.

Em vez da frente esportiva cuja boca exagerada chama a atenção, o Corolla europeu tem linhas mais suaves e grade cromada (veja o Antes e Depois nesta página). Há repetidores de setas nos retrovisores externos e a traseira exibe linhas bem mais interessantes com lanternas maiores e para-choque mais bojudo – até o escapamento fica escondido, ao contrário do americano. As logomarcas “Toyota” e “Corolla” foram colocadas na parte superior da tampa do porta-malas enquanto no americano elas ficam no meio dele.

Por dentro, mudam alguns materiais, mas o desenho é o mesmo, com exceção do painel de instrumentos, que tem dois mostradores circulares nas laterais e o painel digital no centro – o Corolla dos EUA optou por três mostradores, sendo o velocímetro, o maior.

Corolla americano ou europeu no Brasil?

Como dissemos no texto do Corolla americano, o Brasil sempre seguiu o design do modelo dos Estados Unidos, mas tudo leva a crer que desta vez a Europa deve levar vantagem. Por mais que o cliente brasileiro goste de esportividade nos carros, os donos de Corolla são mais tradicionais e o desenho da Europa está mais na linha do gosto local. Mas isso só descobriremos nos próximos meses.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!