Designer cria BMW Isetta do século 21

Modelo manteria os típicos faróis redondos e a porta de abertura frontal, mas seria equipado com motor movido à eletricidade

BMW eSetta, o Isetta do século 21 | Imagem: Divulgação

Clássico do mundo automotivo nas décadas de 1950 e 1960, o Isetta, microcarro de origem italiana que foi fabricado em diversos países, inclusive no Brasil pelas Industrias Romi S/A e na Alemanha pela BMW, ganhou uma projeção feita pelo designer Tony Weichselbraun.

Assim como alguns modelos do passado que ressurgiram no século 21, como Fiat 500 e Mini Cooper, o Isetta de Weichselbraun também tem dimensões bem maiores que o original. Suas linhas são mais suaves e elegantes, mas não deixam de lado algumas características típica do carrinho de 1950.

Leia também: avaliação do novo BMW Série 1

De acordo com o designer, o veículo urbano, chamado por ele de “eSetta”, seria equipado com motores movidos à eletricidade - justificando a troca da letra "i" pelo "e" no nome - de alta duração. A peculiar porta frontal, que dava acesso ao habitáculo do veículo no passado, foi mantida, mas agora ela desliza e gira, permitindo que os passageiros saiam do carro de forma mais confortável - microcarro possui espaço para apenas duas pessoas.

Vale lembrar que a BMW. embora não tenha a intenção de reviver esse veículo, planeja para um futuro não muito distante uma nova gama de automóveis mais acessíveis.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!