Empresa americana revive Chevrolet Corvette de 1962

Conversível baseado do modelo C1 ganhou motor 7.0 V8, peças de alumínio e visual modernizado

Chevrolet Corvette C1-RS | Imagem: Divulgação

Para quem acha que mexer em time que está ganhando – ou já ganhou, neste caso – é perda de tempo, a preparadora americana Roadster Shop nada contra a maré. Desde 2008 ela prepara uma releitura do Chevrolet Corvette C1 de 1962, a primeira geração do esportivo que marcou gerações de jovens fãs de carros.

A ideia de Jeremy Gerber, um dos donos da Roadster Shop, era fazer uma versão moderna do Corvette. Assim, para começar o projeto, nada mais justo do que o próprio chassi de um C1 e muito alumínio para utilizar nas alterações do esportivo da Chevrolet.

Veja mais: Nova Ferrari 620 GT começa a surgir na internet

Chevrolet Corvette C1-RS
Divulgação

Versão futurista do Corvette tem partes em alumínio

Enquanto poucas informações técnicas foram divulgadas pela empresa, sabe-se que o Corvette C1-RS – nome dado a criação da Roadster Shop – recebeu um motor LST de 7 litros com 8 cilindros em V, uma joia com peças de fibra de carbono e partes feitas de alumínio. Acompanha este bloco a transmissão de 6 marchas manual foi instalada para o trabalho de tracionar o carro.

Chevrolet Corvette C1-RS
Divulgação

Motor 7.0 V8 tem peças feitas de fibra de carbono

Além disso, as rodas de 19 polegadas equipam a parte frontal do esportivo "neoclássico", enquanto modelos de 20 polegadas são responsáveis por girar no eixo traseiro. O para-choque une-se ao capô do carro e o visual da capota rebatível mostra como os carros antigos eram mais charmosos que os modelos atuais. Isso tudo sem contar o esmero utilizado para a recriação do interior do C1-RS. O preço do carro, porém, ainda não foi divulgado.

Chevrolet Corvette C1 1962
Divulgação

Assim era o Chevrolet Corvette em 1962

Assine a newsletter semanal do AUTOO!