Fábrica do Jetta para e vendas podem ser afetadas

Volkswagen anunciou que a unidade de Puebla, onde é feito o modelo, será desativada em agosto

Volkswagen Jetta Variant | Imagem: Volkswagen

As vendas magras de carros nos Estados Unidos fizeram a Volkswagen decidir por paralisar a produção na fábrica de Puebla, no México. É nela que são fabricados o sedã e a perua Jetta.

A desativação durará duas semanas e servirá também para ajustes na linha de produção. Suspeita-se que a medida possa ter relação com mudanças nos modelos produzidos lá – além de modificações visuais no Jetta, pode significar também a preparação para produzir o Golf destinado ao mercado norte-americano.

Por falar em Estados Unidos, 70% da produção é destinada a esse mercado, o que explica a paralisação. Com isso, as vendas do Jetta no Brasil podem ser afetadas nos próximos meses.

Coincidência ou não, o Jetta vem perdendo vendas desde o início do ano: em janeiro foram 605 unidades que foram sendo reduzidas progressivamente para apenas 115 carros em maio. O mesmo ocorreu com a Jetta Variant, que caiu de 214 para 19 exemplares vendidos.

Tudo sobre o Volkswagen Jetta

Volkswagen Jetta

Recomendados por AUTOO

Youtube
Toyota Corolla Cross 2025 muda para encarar chineses

Toyota Corolla Cross 2025 muda para encarar chineses

Modelo ganhou novo visual e alguns equipamentos interessantes. Assista
Aviação
Maior avião brasileiro está combatendo incêndios no Pantanal

Maior avião brasileiro está combatendo incêndios no Pantanal

Embraer KC-390 da FAB pode ser convertido para avião bombeiro. Veja como funciona
MOTOO
Bajaj inaugura fábrica no Brasil

Bajaj inaugura fábrica no Brasil

Uma das maiores montadoras do mundo, a gigante indiana construiu fábrica própria em Manaus para produção de motocicletas