Fiat 500 pode voltar ao Brasil como modelo elétrico

Pequeno e estiloso hatch irá fazer estreia com plataforma eletrificada durante o Salão de Genebra, em março
Acima o Fiat 500 atualmente comercializado na Europa

Acima o Fiat 500 atualmente comercializado na Europa | Imagem: Divulgação

Enquanto o Fiat 500 já não é mais oferecido no Brasil há alguns anos, a marca declarou sua intenção de trazer o modelo novamente para o nosso mercado, mas com uma mudança importante: ele deverá chegar apenas com motorização elétrica. O Fiat 500 de nova geração deverá ser uma das atrações da marca durante o Salão de Genebra (Suíça), que ocorrerá no próximo mês.

De acordo com a Fiat, essa novidade elétrica deverá ser um “Tesla com a ‘dolce vitta’ italiana”, ou seja, ser um elétrico eficiente, mas com o algo a mais do visual carismático e tradicional do 500. Na Europa, haverá ainda as opções por motores a combustão, mas o que será trazido para o Brasil será sempre elétrico.

Ainda sem dados técnicos divulgados, sabe-se apenas que a nova geração do Fiat 500 deverá crescer, mas mantendo uma plataforma própria para o carro. Segundo a marca, nessa nova interação, o modelo elétrico não deverá trazer prejuízos para a empresa. Sendo maior, até mesmo uma solução com portas traseiras suicidas ainda não teria sido completamente descartada.

Apesar de a notícia ser positiva para os aficionados brasileiros do 500, vale lembrar que a Fiat não deve trazer outros modelos da família 500 para cá além do 500e, elétrico. Os europeus, por outro lado, contam até com variantes SUV dessa linha de modelos, como é o caso do 500X, modelo que compartilha a plataforma com o Jeep Renegade vendido por lá.

Acima o atual Fiat 500 vendido na Europa
Acima o atual Fiat 500 vendido na Europa
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!