Fiat Egea deve substituir Linea e Bravo no Brasil

Imprensa europeia crava que modelo será o sucessor do Linea e terá uma versão hatch para o lugar do Bravo

Fiat Egea na linha de produção na Turquia | Imagem: Divulgação

A Fiat deu largada nesta semana na produção do novo Egea na fábrica de Tofas, em Bursa, na Turquia. O novo sedã é baseado no conceito Aegea, apresentado no início deste ano, e será lançado por lá para ocupar o lugar do Linea. Além do mercado turco, o modelo deverá ser exportado para outros 40 países da Europa, Oriente Médio e norte da África.

Além deles, o Egea deverá ter outro mercado em vista, o brasileiro. Os sites Just Auto, da Inglaterra, e Auto Monitor, de Portugal, confirmaram que o modelo médio será produzido em Goiana, na nova fábrica do grupo FCA que hoje fabrica o Renegade e logo passará a montar a picape Toro. Uma versão hatch, ainda inédita, é cotada para produção em 2017 para o lugar do Bravo.

Questionada sobre o asssunto, a Fiat disse que não comenta especulações. Caso seja confirmada, a produção do Egea fará todo o sentido no mercado brasileiro. Com dois produtos com bons anos na ativa, tanto Linea como Bravo já não conseguem atrair muitos clientes para a marca.

Estilo encorpado

O novo Fiat Egea pode tornar-se um veículo competitivo se depender do visual, bastante encorpado e com ares de modelo de luxo. Ele se destaca pelo visual moderno, com faróis espichados na dianteira, grade com dezenas de filetes cromados, para-choques robustos, vincos marcantes nas laterais e lanternas que invadem a tampa do porta-malas na traseira.

Segundo a marca, o Egea mede 4,5 metros de comprimento, 1,78 m de largura e 1,48 m de altura, com distância de entre-eixos de 2,64 m, além de um porta-malas de 510 litros. Para efeito de comparação, o Linea oferece, respectivamente, 4,5 m, 1,73 m, 1,5 m, 2,6 m e 500 l. Ou seja, o modelo é ligeiramente maior.

Na gama de motores, o novo Fiat Egea vai dispor de um propulsor 1.4 litro de 95 cv, 1.6 E.torQ de 110 cv, 1.3 Multijet II de 95 cv e 1.6 Multijet II de 120 cv, com câmbio manual de seis marchas ou automático, também de seis velocidades.

Além do Egea hatch, a Fiat deve lançar uma perua baseada na mesma plataforma para ocupar o lugar do antigo Stilo Multi Wagon, nesse caso, apenas para a Europa.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!