Fiat revela o novo 500, agora elétrico

Nova geração do simpático carrinho será movida apenas por energia elétrica. Vendas na Europa se iniciarão ainda em 2020
Fiat 500 2021

Fiat 500 2021 | Imagem: Divulgação

A Fiat apresentou para os mercados europeus a nova geração do 500. O simpático hatch, além das mudanças de plataforma e de visual, será oferecido a partir de agora apenas como um veículo 100% elétrico. Até o momento, a Fiat afirma que a geração atual deve permanecer sendo vendida com motores a combustão e uma nova configuração híbrida-leve.

A nova geração está programada para chegar às lojas europeias da Fiat ainda em 2020 e ainda há chances de o modelo desembarcar no Brasil neste ano também. Segundo a marca, a nova geração do elétrico foi pensada para ser um produto viável. Especula-se na imprensa europeia que o antigo 500 elétrico gerava prejuízos de até US$ 14 mil (cerca de R$ 63,7 mil) para cada unidade comercializada.

O novo Fiat 500 elétrico será fabricado exclusivamente em Turim (ITA). Visualmente, a silhueta permanece a mesma, com as formas clássicas do carro original. Na dianteira, porém, os faróis não são mais blocos circulares únicos. Agora, são semicírculos abaixo do capô, que passa pelas peças. Acima, ficam arcos semicirculares que fazem as vezes de luzes diurnas de LED. De fora, a impressão ainda é a de que os faróis são redondos.

Ainda na frente, outra grande mudança foi a substituição do logo da Fiat na grade pelo emblema “500”, enquanto a traseira ainda é bem similar, apesar da troca de geração. Agora, o modelo tem 3,63 m de comprimento (6 cm extras). A largura, também aumentada em 6 cm, chega a 1,69 m.

Por dentro, a novidade traz linhas mais limpas. A central multimídia tem tela sensível ao toque de 10,25" montado no topo do painel. Os instrumentos analógicos foram substituídos por uma tela de 7". A alavanca de câmbio convencional foi totalmente substituída, sendo que o acionamento da transmissão passa a ser feito por botões abaixo da central multimídia.

Fiat 500 2021
Fiat 500 2021
Imagem: Divulgação

O Fiat 500 elétrico é alimentado por baterias de íons de lítio com 42 kWh de capacidade. A potência declarada para o motor elétrico é de 118 cv. A aceleração de 0 a 100 km/h, de acordo com a marca, acontece em 9 segundos, enquanto a velocidade máxima é limitada a 150 km/h e sua autonomia de até 320 km.

A nova geração do 500 pode ser recarregada em tomadas ultra rápidas de 85 kW disponíveis na Europa, exigindo 5 minutos para recuperar 50 km de autonomia, ou 80% da carga total em 35 minutos. Em uma tomada doméstica, o tempo para uma carga completa sobe para 14 horas.

Na Europa, o Fiat 500 elétrico já pode ser reservado na versão Launch Edition, limitada a 500 unidades. Cada uma custará 37.900 euros (cerca de R$ 192,2 mil). Entre os diferenciais dessa configuração de estreia aparecem itens como faróis com lâmpadas de LED, rodas de 17", frisos cromados nas janelas e laterais, painel de instrumentos digital e central multimídia. Ainda não há informações sobre as demais configurações.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!