Ford deve extinguir Mercury

Marca de luxo americana teve queda de 74% nas vendas desde 2000 e pode ser mais uma vítima da crise no setor

Logo da Mercury | Imagem: Mercury

Mais uma marca tipicamente americana está com os dias contados. É a Mercury, de propriedade da Ford. Segundo fontes ouvidas pela agência de notícias Bloomberg, a montadora dirigida por Allan Mullaly, estaria preparando uma proposta aos concessionários da marca para compensar seu fechamento.

A Mercury, tal qual outras marcas voltadas para o público local, teve uma brusca queda nas vendas nesta década – hoje ela vende apenas 26% do volume obtido em 2000. Hoje a Mercury tem em seu portfólio apenas quatro modelos, versões de carros da Ford e da Lincoln com sua identidade visual, como é o caso do sedã Milan, nada mais que um Fusion.

Se confirmar o fechamento, a Mercury se juntará à Hummer, Pontiac e Saturn, tiradas de circulação pela GM.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!