Os problemas no acelerador – que ora enroscava no tapete, ora travava por conta própria – que afetaram 6,5 milhões de carros da Toyota nos EUA parecem estar resolvidos, mas agora é o freio do Prius a nova dor de cabeça da montadora japonesa. O ministério dos Transportes do Japão registrou 14 queixas de donos do híbrido, que afirmam ter sofrido acidentes após pisarem no freio e não obterem resposta. O NHTSA, órgão norte-americano responsável pela segurança nas rodovias, também recebeu uma centena de reclamações alegando o mesmo defeito.

“Pisei no freio para parar, mas não houve resposta. Pisei mais, e continuou sem resposta. Meu carro continuou andando na mesma velocidade e acabou se chocando contra a traseira do veículo que estava na minha frente", relata o dono de um Prius no site do NHTSA. A própria Toyota admite que a avaria é exclusiva da última geração do carro, lançada em 2009 e campeã de vendas no Japão naquele ano.

A princípio, a hipótese de recall está descartada. Mas a Toyota está investigando o defeito, e dependendo das conclusões, anunciará um novo chamado – agora para o Prius, seu maior sucesso comercial no momento.

Conheça os carros mais vendidos do Brasil nos últimos 10 anos

Rodrigo Mora

|